quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Homem é preso suspeito de estuprar e agredir adolescente de 16 anos em Manaus

O crime ocorreu no dia 9 de maio deste ano, no bairro São Raimundo, zona oeste da cidade
Imagem ilustrativa: Foto: Reprodução

Manaus (AM) – Um homem de 27 anos, que não teve o nome revelado, foi preso nesta sexta-feira (3), por estupro e agressão praticado contra uma adolescente de 16 anos na Zona Oeste de Manaus.

De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu no dia 9 de maio deste ano, no bairro São Raimundo, zona oeste, momento em que a vítima estava retornando de uma festa.

Detalhes sobre o caso serão divulgados em coletiva de imprensa na manhã desta sexta (3), às 11h30, na sede Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), situada na avenida Via Láctea, conjunto Morada do Sol, bairro Aleixo, zona centro-sul da capital.

Siga o Portal Tucumã nas redes sociais

IG: https://www.instagram.com/portaltucuma/
FB: https://web.facebook.com/Portaltucuma
Twitter: https://twitter.com/PortalTucuma

OUTRO CASO

Idoso é preso suspeito de estuprar adolescente autista de 12 anos em Manaus

Manaus (AM) – Um idoso de 65 anos, que não teve identidade revelada, foi preso em flagrante na manhã desta quarta-feira (1º), por volta das 6h30, pelo estupro de vulnerável e exploração sexual praticados contra um adolescente autista de 12 anos, no bairro Colônia Antônio Aleixo, na Zona Leste de Manaus.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), as diligências em torno do caso iniciaram após a vítima procurar um Serviço de Pronto Atendimento (SPA), alegando dores na barriga, na noite dessa terça-feira (31).

Ainda de acordo com Coelho, o menino relatou para a mãe que o vizinho (o idoso), proprietário de um restaurante e ex-patrão dela, teria o atraído até a casa dele onde praticou o ato sexual.

“A criança chegou em casa no inicio da noite, depois da escola, queixando-se de dores estomacais, foi levada à um Pronto Socorro do bairro e foi constatado que era um abuso sexual”, informou a delegada. Na Depca, a vítima relatou ainda que os abusos já haviam acontecido outras vezes. Em uma das ocasiões, o comerciante ofereceu uma quantia de R$ 11 ao menino.

O estupro de vulnerável foi confirmado pela perícia do Instituto Médico Legal (IML).

Condenação

Na Depca, a equipe realizou consultas no sistema com o nome do suspeito e verificou que ele foi condenado pelo homicídio qualificado de uma menina de 10 anos, cometido no ano de 2010, que também foi vítima de estupro de vulnerável e exploração sexual.

Conforme a delegada Joyce, a menina denunciou os abusos e, inclusive, chegou a contar para para mulher, que era companheira do comerciante, que na época tinha 62 anos.

“Em 2010, esse homem oferecia dinheiro para essa criança de 10 anos e mantinha atos sexuais com ela em troca de dinheiro”, afirmou Joyce.

Após a denúncia, o idoso passou a perseguir e ameaçar a menina, que no dia 30 de novembro de 2010 apareceu morta com sinais de estrangulamento.

Em 2020, foi expedido o mandado de prisão do idoso que foi condenado a 16 anos pelo homicídio qualificado da menina de 10 anos. No entanto, os advogados solicitaram a prisão domiciliar por conta da idade do individuo e da Covid-19, que foi concedida pelo Ministério Público.

Na ocasião da prisão em flagrante, o idoso que mora sozinho não alegou o crime e chegou a convidar os policiais para ‘tomar um cafezinho com pão’, segundo Coelho que coordenou a ação.

Ele foi encaminhado para a sede da Depca para procedimentos cabíveis e ficará à disposição da Justiça.

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também