Homem que matou ex-namorada com 17 facadas é preso no Jorge Teixeira

Nessa segunda pela manhã, ele gritou com a vítima por diversas vezes e disse que a mataria, no entanto, assim como de outras vezes, ela ignorou as ameaças e seguiu fazendo as coisas de casa normalmente

Manaus – Foi preso, na noite desta segunda-feira (13), por volta das 23h45, o homem identificado como Humberto Canizio Feitas Alves, de 54 anos, principal suspeito pelo feminicídio contra a ex-namorada, Liliane Oliveira Monção, de 34 anos. Ele desferiu ao menos 17 facadas no rosto e corpo de Liliane, que chegou a ser socorrida mas não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital e Pronto-Socorro  Platão Araújo.

Humberto Alves foi preso em via pública, na rua A do bairro Novo, no Jorge Teixeira, onde algumas pessoas tentavam fazer justiça e chegaram a engalfinhar o homem, que foi preso.

Humberto Alves esfaqueou a mulher após uma crise de ciúmes, na rua Surubim, no Jorge Teixeira, 3ª etapa, na zona Leste, dentro do kitnete onde morava, e em seguida, a enrolou em um lençol. Ele não aceitava o fim do relacionamento amoroso com a vítima e continuava a persegui-la.

Após o crime, o homem tentou fugir do local, mas foi espancado por populares com pedradas e barras de ferro. Durante as agressões, ele mesmo acertou com a faca na mão direita, chegando a se ferir, de tanto que estava furioso no momento que esfaqueava Liliane.

Segundo os familiares dela, a vítima estava na casa do suspeito, pois sempre que ele bebia e consumia drogas entorpecentes, se aproveitava da condição para intimidar a mulher, que acaba acreditando que ficaria somente nos tapas e ameaças de morte.

Ele chegou a quebrar o celular da vítima em uma das brigas, conforme um familiar. Em outras ocasiões, ele ameaçou de matar um dos membros da família dela, mas, depois, Liliane esquecia tudo e permitia que o homem seguisse em seu encalço. Ele estava em uma comunidade, no Bairro Novo, no Jorge Teixeira.

Mesmo ouvindo de seus familiares para se afastar do homem violento e com lapsos de transtornos, a vítima nunca o denunciou nem tão pouco registrou um boletim pelas ameaças e, seguia a vida normalmente.

Ainda conforme os familiares dela, nessa segunda pela manhã, ele gritou com ela por diversas vezes e disse que a mataria, no entanto, assim como de outras vezes, ela ignorou as ameaças e seguiu fazendo as coisas de casa normalmente, mas, no período da noite, tomado por um surto de ciúmes, o homem pegou a faca e desferiu vários golpes em Liliane, depois enrolou seu corpo em um lençol.

Após o crime, um de seus sobrinhos soube do atentado e foi até a casa onde a vítima estava caída e flagrou o homem ainda com a faca na mão, ele chegou a dar uns sopapos e pontapés no agressor, mas correu em direção ao corpo da vítima, que agonizava, e a encaminhou para o hospital, onde ainda chegou com vida, mas em estado muito grave, pois sangrava muito.

A família acionou a Polícia Militar enquanto socorria a mulher.

A equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) realizou buscas no local até encontrar o homem, que foi preso em flagrante e conduzido para a a Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) na zona Centro-Sul de Manaus.

Ainda segundo os familiares, Liliane já havia sofrido diversas agressões desferidas pelo homem, com quem ela se relacionava, no entanto, o relacionamento era cercado de intimidações, pois sempre que ele consumia bebida alcóolica ou mesmo drogas, ele costumava agredir Liliane e, inclusive, quebrou o celular dela e a perseguia constantemente, não a deixando livre, nem mesmo para trabalhar.

A vítima deixou quatro filhos menores.

Reportagem: Felipe David
Imagens: Jhonatha Barros

Leia também: Morre mulher de 34 anos esfaqueada pelo ex-namorado no Jorge Teixeira

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap