Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

11 de agosto, 2022

Homem que matou segurança de padaria é preso na zona Norte de Manaus

Outros envolvidos no crime seguem procurados pela PC-AM
Foto: Reprodução

Manaus (AM) – Na tarde desta segunda-feira (18) a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) por meio da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd) realizou a prisão de Adailson Gomes da Silva, de 32 anos, pela participação no latrocínio que vitimou Paulo Alves Bezerra, que tinha 63 anos na época do crime.

Conforme informações repassadas pelo delegado titular da unidade especializada, Adriano Félix, as equipes da Derfd iniciaram as investigações no dia do crime, no local do latrocínio, onde conseguiram obter as imagens do circuito de segurança. De posse das imagens, foi possível identificar o veiculo utilizado para dar apoio na ação criminosa, e a partir disso, chegar aos envolvidos.

Leia também: Quadrilha é presa com armas, drogas, munições e farda da PM na zona Leste de Manaus

“No decorrer do procedimento conseguimos chegar até o irmão do Adailson, que foi responsável por fazer um Boletim de Ocorrência no 14º DIP pelo roubo do Ford Fiesta, ou seja, logo após eles matarem o cara, eles querendo ludibriar a Polícia, fizeram um boletim de ocorrência como se tivessem roubado o carro. A partir daí nós chegamos até o Adailson, que foi preso ontem por volta das 15h30.” disse o delegado.

Adailson confessa participação no crime, e afirma que os criminosos não tinham o objetivo de matar a vítima, que durante ação criminosa, acabou reagindo e sendo baleado. Ainda segundo o delegado, o crime foi arquitetado por Felipe Monteiro, que segue foragido.

Mandante do crime segue procurado pela PC-AM. Foto: Divulgação/PC-AM

“Eu gostaria de frisar que quem arquitetou toda essa ação não foi o Adailson, foi o Felipe, que será mostrado, e caso alguém tenha alguma informação do paradeiro do Felipe, que entre em contato com a Derfd, e toda informação será sigilosa. O Felipe arquitetou esse crime por que ele vendia formas de ovos para a padaria, e durante a entrega, ele presenciou a caixa da padaria guardando quantia de dinheiro em uma caixa de sapato, e verificou que o vigilante também estava em posse de uma arma. Foi quando ele chamou o Adailson e falou: ‘Pow, tem uma fita boa pra gente fazer.’, a partir daí, por volta das 11h40 eles chegaram até o estabelecimento e acabaram matando o vigilante.”  reforçou o delegado.

Os suspeitos envolvidos são o atirador Adailson, que está preso, e os foragidos, Felipe Monteiro, que seria o mandante do crime, dois nacionais com alcunha de “Negão” e “Perninha”, que deram apoio no latrocínio. A Polícia Civil segue investigando o caso, e qualquer denuncia que leve ao paradeiro dos suspeitos foragidos, podem ser feitas pelo disque-denúncia 181.

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS