Jogador Marcinho, suspeito de atropelamento com morte, presta depoimento hoje (4)

No acidente, um professor morreu na hora, e uma mulher foi operada. Jogador afirmou que está dando suporte aos envolvidos.
Por Henrique De Mesquita
Publicado em 04/01/21 às 10h31
Jogador Marcinho, suspeito de atropelamento com morte, deve prestar depoimento hoje (4)
Jogador Marcinho, suspeito de atropelamento com morte, deve prestar depoimento hoje (4)

O jogador do Botafogo Márcio Almeida de Oliveira, o Marcinho, apontado pela polícia como suspeito de ter atropelado um casal no Recreio na noite de quarta-feira (30), é esperado para prestar depoimento na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) no fim da manhã desta segunda (4).

Os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170, quando foram atingidos pelo carro, um Mini Cooper. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Alexandre morreu na hora, e a mulher foi operada no Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Ela foi transferida para uma unidade particular.

Segundo as investigações, o carro foi abandonado cerca de 600 metros do local do acidente e foi rebocado para a garagem de onde mora o pai de Marcinho. O carro está no nome da empresa do pai do jogador. O carro foi encontrado com o vidro destruído após atropelamento e lataria amassada.

Marcinho se posicionou oficialmente sobre o caso através de sua assessoria de imprensa e afirmou que está dando suporte aos envolvidos. A nota informa ainda que o pai do jogador, Sérgio de Oliveira, também prestará depoimento às autoridades.

Confira a nota do jogador

“A família do atleta sente muito pelo ocorrido e está dando todo suporte necessário aos envolvidos. O pai do lateral, Sérgio de Oliveira, prestará depoimento, assim como o atleta, durante os próximos dias, de forma exclusiva às autoridades”.

O acidente

Os professores Maria Cristina José Soares e Alexandre Silva de Lima atravessavam a Avenida Sernambetiba, na altura do número 17.170, quando foram atingidos pelo carro, modelo Mini Cooper. O motorista fugiu sem prestar socorro.

Alexandre morreu na hora e a mulher foi operada e foi internada no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca.

O delegado Allan Luxardo, titular da 42ª DP (Recreio), disse a imprensa que as investigações estão em andamento e que há evidências de que Marcinho conduzia o veículo no momento do acidente.

Atropelamento no Recreio deixa um homem morto e uma mulher ferida

Segundo as investigações, o carro foi abandonado cerca de 600 metros do local do acidente. A polícia não encontrou testemunhas que pudessem ajudar a entender melhor como ocorreu o choque.

Com informações via G1
Foto
: Divulgação

Leia também: Ajudante de pedreiro é morto na frente da família no Cidade de Deus

Jogador Marcinho, suspeito de atropelamento com morte, deve prestar depoimento hoje (4)

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap