Jovem morto em treino de muay thai recebeu chute do irmão mais velho em Manaus

O estudante Jonathan Bentes ainda foi socorrido pelos irmãos e levado para o pronto socorro, mas não resistiu
Foto: Arquivo Pessoal

O estudante Jonathan Bentes, de 18 anos, que morreu após levar um golpe em um treino de muay thai, lutava com o irmão vai velho quando foi atingido. O acidente aconteceu nessa quarta-feira (14), em uma academia no bairro Petrópolis, zona Sul de Manaus.

Em entrevista ao G1, Álvaro Bentes, irmão da vítima disse que estava no momento em que tudo aconteceu e que junto com o irmão mais velho tentou socorrer Jonathan, que treinava sem usar protetor.

Segundo ele, o irmão que aplicou o golpe não teve a intensão de machucar e que foi uma fatalidade. Ele disse que foi Jonathan quem apresentouo esporte para ele e para outro irmão mais velho. “O nosso outro irmão foi quem aplicou o golpe, mas foi por puro esporte, sem intenção de nada”, disse Álvaro.

Álvaro disse que no primeiro momento não teve reação, “Fiquei desesperado, nunca tinha presenciado algo do tipo. Ele é o ser da minha família que mais amo, nós éramos muito próximos. No começo, eu pensava que ele estava brincando, mas depois percebemos que estava tendo uma convulsão. Quando eu vi aquilo, fiquei sem chão”, disse.

Jonathan ainda chegou a ser encaminhado ao Hospital 28 de Agosto, mas não resistiu e morreu.

“A gente tentou muito ajudá-lo. Não quisemos perder ele ali. Tentamos fazer os primeiros-socorros de várias formas, mas infelizmente não deu certo”, disse.

Conforme Álvaro, ele e o irmão mais velho praticavam o esporte há pouco tempo. “A gente não praticava há muito tempo o esporte. Ele começou primeiro e viu que estava conseguindo resultados. Depois, ele me chamou junto com outro irmão para praticar, fomos e começamos a gostar. No meu primeiro treinamento, eu também passei mal, porque achei pesado, mas pensei que não tinha me alimentado direito e seguimos com os treinos”, relembrou.

Ao Portal Tucumã, Álvaro disse que a familia lamenta muito pelo ocorrido.

O caso foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP).

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap