Juíza clama para que fila da vacinação seja respeitada, em Manaus

A juíza federal Jaiza Maria Pinto Fraxe usou o Twitter para falar sobre o assunto. Ela destacou que, qualquer irregularidade, a população pode denunciar
Por João Paulo Castro
Publicado em 19/01/21 às 23h12
juíza vacinação
juíza vacinação

Manaus – A juíza federal Jaiza Maria Pinto Fraxe usou o Twitter nesta terça-feira (19) para fazer um clamor a respeito da campanha de vacinação contra o novo coronavírus (Covid-19) em Manaus.

Jaiza pediu que as pessoas não furem a fila e ressaltou que pode ser feito uma denúncia sobre qualquer caso dessa natureza.

“Não furem a fila da vacina. Não deixem ninguém furar. Denunciem às autoridades federais competentes para as providências cabíveis”, disse.

A juíza também ressaltou que o povo do Amazonas não merece passar por esse tipo de situação. “Estamos lutando pelo direito constitucional à vida digna. Não sabotemos uns aos outros”, conclui.

A campanha de vacinação contra Covid-19 no Amazonas começou oficialmente nesta terça-feira e a vacina CoronaVac, produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica Sinovav, está sendo usada para imunizar as primeiras pessoas.

De acordo com boletim divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), foram registrados 1.537 novos casos de Covid-19, totalizando 233.971 casos da doença no estado, sendo 99.500 em Manaus e 134.471 no interior.

O boletim, confirma ainda, 142 óbitos por Covid-19, sendo 51 ocorridos no dia 18/01 e 91 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 6.450 o total de mortes.

Foto: Divulgação

Leia também: Artista do Boi Caprichoso apresenta boa recuperação no tratamento contra Covid-19

juíza vacinação

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap