quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Justiça mantém prisão temporária de envolvidos no “Caso Flávio”

O Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) decidiu manter a prisão temporária de Elielton Magno de Menezes Gomes Junior, 22, e José Edvandro Martins de Souza Júnior, 31, suspeitos de participarem da morte do engenheiro Flávio Rodrigues, 42, em setembro deste ano.

A decisão foi anunciada na manhã desta terça-feira (12), proferida pela juíza Ana Paula de Medeiros Braga, titular da 2ª Vara do Tribunal do Júri, comarca de Manaus.

A defesa de Elielton e José Edvandro entraram com um pedido de relaxamento de prisão junto ao tribunal, mas ele foi negado pela juíza.

Mudança de pasta

O inquérito que investiga a morte do Flávio Rodrigues vai ser transferido da 2ª Vara do Tribunal do Júri para o Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE). A decisão também partiu da juíza Ana Paula Medeiros.

Relembre o caso

Flávio Rodrigues, 42, participava de uma festa no condomínio de luxo de Alejandro Molina Valeiko, 29, localizado na Ponta Negra, zona Oeste de Manaus, no dia 29 de setembro deste ano. O engenheiro foi encontrado morto no dia seguinte em terreno baldio no bairro Tarumã.

O filho da primeira-dama do município, Elisabeth Valeiko, é apontado pela polícia como principal suspeito na morte de Flávio.

Alejandro Valeiko, Elielton Magno de Menezes Gomes Júnior, 22, Vitório Del Gato, José Edvandro Martins de Souza Junior, 31, Elizeu da Paz de Souza, 31, e Mayc Vinícius Texeira Parede, 37, foram presos pela polícia suspeitos de participarem do crime.

Vitório Del Gato conseguiu pedido de liberdade condicional e os demais continuam presos. Alejandro está preso na carceragem do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), próximo de seu condomínio.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (Dehs), sobre a coordenação do delegado Paulo Martins, titular da unidade policial, estão responsáveis pela investigação da morte do engenheiro Flávio Rodrigues.

Por João Paulo Castro com informações do TJAM

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também