Laudo do IML diz que morte de Tom Veiga foi por AVC

De acordo com o documento, a necropsia no corpo de Tom ficou pronta na noite deste domingo (1º)
Por redacao
Publicado em 02/11/20 às 08h54
Laudo morte
Laudo morte

O laudo Instituto Médico Legal (IML) apontou como causa da morte de Tom Veiga uma “hemorragia intra craniana por rotura de aneurisma cerebral”, ou seja, o intérprete do Louro José sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico – aquele que ocorre quando um vaso – artéria ou veia – rompe dentro do cérebro, extravasando sangue. A conclusão está no laudo do.

De acordo com o documento, a necropsia no corpo de Tom ficou pronta na noite deste domingo (1º). Ele foi encontrado morto em seu apartamento, durante a tarde, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O AVC hemorrágico mais frequente é causado devido a um pico elevado de pressão arterial.

Personagem superpopular da TV, Tom era companheiro de Ana Maria Braga na Rede Globo há pelo menos 20 anos. Antes disso, trabalhou com ela na Rede Record e, por muito tempo, manteve sua identidade escondida.

Encontro do corpo

ator e apresentador André Marques contou que foi o primeiro a chegar à casa de Tom Veiga, ator intérprete do boneco Louro José, do programa “Mais Você”, da TV Globo, morto em sua casa na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. Ainda não se sabe a causa da morte.

Marques usou seu Instagram para relatar o fato e como chegou até Tom Veiga. No post André Marques conta que recebeu uma ligação de uma amiga em comum perguntando sobre Veiga, que não estava atendendo às ligações.

Com informações Época

Leia mais: André Marques diz que foi o primeiro a encontrar Tom Veiga morto

Laudo morte

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap