Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

13 de agosto, 2022

Madrasta suspeita de envenenar enteados teria dado querosene para criança de 6 anos

A informação foi relatada à polícia pelo próprio filho da suspeita, que além dos enteados é investigada pelo envenenamento de um ex-namorado e um vizinho
Cintia Mariano: suspeita de envenenar os dois enteados. Foto: Reprodução

Brasil – A madrasta suspeita de envenenar dois enteados de 16 e 22 anos no Rio, pode ter envenenado outro enteado – uma criança de 6 anos e que seria meia-irmã do seu filho. As informações são do G1.

Cíntia Mariano Dias Cabral, de 49 anos, também é investigada pelo envenenamento e morte de outras duas pessoas: um ex-namorado e um vizinho.

LEIA TAMBÉM: Madrasta suspeita de envenenar enteados será investigada por mortes de ex-marido e vizinha

A informação sobre o envenenamento da criança de 6 anos foi repassada pelo próprio filho da suspeita em depoimento à polícia. O jovem relata que o caso aconteceu há 20 anos, e que Cíntia tentou matar o menino, um irmão dele por parte de pai e que tinha 6 anos na época, dando querosene.

O filho de Cíntia também contou que a mãe confessou ter dado chumbinho a Fernanda Cabral, de 22 anos, que não resistiu e morreu, e a Bruno Cabral, de 16 anos, que passou mal, ficou internado e se recuperou.

O delegado Flávio Rodrigues, que investiga o caso, conta que Cíntia tentou inverter a situação e acusou o próprio filho de ter envenenado Fernanda e Bruno.

Cíntia Mariano está presa no Complexo de Bangu, no Rio de Janeiro.

LEIA TAMBÉM: Madrasta tentou culpar próprio filho por envenenamento de enteados; entenda

Siga o Portal Tucumã nas redes sociais

IG: https://www.instagram.com/portaltucuma/
FB: https://web.facebook.com/Portaltucuma
Twitter: https://twitter.com/PortalTucuma

MATERIAS RELACIONADAS