Maguito Vilela morre por complicações da Covid-19 após 90 dias internado

Maguito Vilela estava internado desde o dia 19 de setembro de 2020
Maguito Vilela
Maguito Vilela

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), morreu na madrugada desta quarta-feira (13), aos 71 anos, após um longo período de internação por causa de complicações da Covid-19. A informação sobre a morte foi confirmada na página oficial do político em uma rede social.

Maguito estava internado desde o dia 19 de setembro de 2020. Ele ainda chegou a ser empossado como prefeito reeleito dentro do hospital, mas estava licenciado do cargo desde a posse. Quem está no comando da capital goiana é o vice-prefeito eleito, Rogério Cruz (Republicanos), e assumirá a prefeitura com a morte de Maguito.

Maguito Vilela passou a maior parte dos últimos meses sedado, incluindo quando avançou ao segundo turno e foi escolhido para comandar a cidade na votação contra Vanderlan Cardoso (PSD), quando obteve 277.497 votos (52,6%).

No comunicado oficial, a A família disse que estã providenciando o traslado do corpo de São Paulo para Goiás e que Maguito Vilela deverá ser sepultado em sua terra natal, o município de Jataí.

Carreira política

Maguito Vilela teve uma longa trajetória na política goiana. Em 45 anos de vida pública, mudou de partido apenas na transição para a democracia, quando trocou a Arena pelo MDB. Além de prefeito eleito, foi vereador, deputado estadual e federal e vice-governador.

Ele também ocupou a cadeira de governador de Goiás entre 1995 e 1998 e logo depois foi eleito para o senado federal, de 1999 a 2007.

Antes de ser eleito em Goiânia, Maguito foi prefeito de Aparecida de Goiânia, na região Metropolitana da capital, entre 2009 e 2016.

Leia mais: Maguito Vilela será empossado em leito de UTI nesta sexta (1º)

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap