Maguito Vilela será empossado em leito de UTI nesta sexta (1º)

Maguito está internado desde o dia 19 de setembro de 2020, por complicações da Covid-19
Maguito Vilela
Maguito Vilela

O prefeito eleito de Goiânia, Maguito Vilela (MDB) vai tomar posse do cargo, nesta sexta-feira (1º), de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

Vilela está internado desde 19 de setembro, período da campanha eleitoral de 2020, quando testou para positivo para o novo coronavírus. Desde então o prefeito passou a ter complicações por conta do vírus.

A posse acontecerá de forma virtual e foi autorizada pela Câmara Municipal de Goiânia, pois Vilela está a 930 quilômetros do legislativo goianiense. Pela resolução aprovada, ele poderá ser empossado através de uma videochamada, na qual fará gestos para sinalizar a concordância com os termos a serem assinados.

Maguito Vilela passou a maior parte dos últimos meses sedado, incluindo quando avançou ao segundo turno e foi escolhido para comandar a cidade na votação contra Vanderlan Cardoso (PSD), quando obteve 277.497 votos (52,6%).

Neste momento, o prefeito eleito de Goiânia tem “longos períodos de despertar”, segundo o boletim médico. Maguito Vilela, no entanto, segue com ventilação mecânica e ainda não está conseguindo falar.

A expectativa é que, uma vez empossado, ele se licencie para concluir o tratamento. Nesse caso, a capital goiana seria administrada interinamente pelo vice-prefeito eleito, Rogério Cruz (Republicanos), que também tomará posse nesta sexta-feira.

Luis Alberto Maguito Vilela, conhecido apenas como Maguito Vilela, foi deputado estadual, deputado federal, vice-governador, governador de Goiás entre 1995 e 1998 e senador. Seu último cargo na política foi também o de prefeito, mas o da vizinha Aparecida de Goiânia (GO), que administrou entre 2009 e 2016.

Com informações CNN

Leia mais: Bolsonaro diz que Brasil deve comprar vacina da Moderna contra Covid-19

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap