Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

14 de agosto, 2022

Marido mata e esquarteja mulher na noite de Natal

Câmeras de segurança gravaram o pedreiro carregando parte do corpo da mulher em sacos plásticos no dia 25
Depois de matar mulher, marido jogou partes do corpo em córrego (Foto: Reprodução)
Depois de matar mulher, marido jogou partes do corpo em córrego (Foto: Reprodução)

O pedreiro Assuero Severo, foi preso após confessar ter matado e esquartejado a esposa Cláudia Almeida dos Santos no Dia de Natal em São Paulo. Após o assassinato, o homem fugiu para a Bahia com as duas filhas.

Câmeras de segurança gravaram o pedreiro carregando parte do corpo da mulher em sacos plásticos, ao 12h15 do dia 25. Horas depois, ele carregou o restante em uma mala preta. Foi assim que o assassino se livrou do corpo da mulher, com quem era casado havia 18 anos e teve duas filhas. 

O pedreiro disse que matou a mulher porque tinha sido traído. A filha caçula, de 4 anos, estava dormindo quando ele esfaqueou Cláudia e esquartejou o corpo, logo depois da ceia. Assuero chegou a dizer aos parentes da mulher que ela tinha ido embora com o amante. 

Dias depois do crime, ele foi para a cidade de Tremedal, na Bahia, com as duas filhas. Lá, ele procurou a polícia e confessou o crime. 

“Eu fiquei bem surpreso, assim, com a frieza dele. Tenho quase 20 anos de profissão e não lembro de uma pessoa tão fria assim”, disse o delegado, Luis Gustavo Dutra.  

O trabalho da polícia de São Paulo agora é para tentar localizar o corpo da Cláudia. Uma parte foi jogada num córrego, na Zona Leste, perto da casa do casal. Uma outra parte foi levada pelo criminoso para um matagal, na mesma região, a sete quilômetros.  

Segundo parentes de Cláudia, o marido fazia ameaças. “Ele só falava que ele não ia deixar assim, que se ela não ficasse com ele, com outro ela não ia ficar, mas ele a maltratava com a boca, falava muita coisa pra ela, xingava ela”, conta a prima de Cláudia, Silvia de Carvalho.  

O pedreiro teve a prisão temporária decretada pela justiça e deve ser transferido para São Paulo na segunda-feira (3) . 

MATERIAS RELACIONADAS