‘Me ensinou tudo o que sei, te levarei pra sempre comigo’, declara viúva de Klinger Araújo

klinger esposa
A cantora Vanessa Alfaia esteve presente com Klinger Araújo em todos os momentos. O cantor morreu na última terça-feira (29) vítima da Covid-19
Por João Paulo Castro
Publicado em 30/09/20 às 18h09

Manaus – A cantora Vanessa Alfaia, viúva do levantador de toadas Klinger Araújo, que faleceu vítima do novo coronavírus (Covid-19), usou as redes sociais na tarde desta quarta-feira (30) para declarar seu amor ao artista.

Em post compartilhado no Facebook, Vanessa Alfaia afirmou que não vai esquecer dos momentos ao lado de Klinger Araújo e disse que aprendeu muitas coisas com ele.

“Agora só ficará as boas lembranças em minha memória, o homem maravilhoso que você foi em minha vida. Me ensinou tudo o que sei, te levarei para sempre comigo, meu marido, namorado, pai, conselheiro, amigo, irmão, amante, e muitas outras coisas que só nos conseguíamos falar um para o outro”, falou a cantora.

A cantora aproveitou a oportunidade e relembrou de alguns momentos ao lado de Klinger Araújo.

“Posso dizer que fiz o possível e o impossível para te agradar. Te amarei eternamente, pois lutei pela sua salvação e posso ter certeza que hoje está guardado para a vida eterna no melhor lugar (…) Obrigada por tudo e pelos filhos que vou cuidar com muito amor. Te amo para sempre”, disse.

Falecimento

Klinger Araújo morreu vítima da Covid-19 na última terça-feira (29), ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Samel Prontocord, na avenida Álvaro Maia, bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da capital. O cantor estava com 75% do pulmão comprometido devido as complicações causadas pelo vírus.

Foi a segunda vez que Klinger Araújo ficou internado na UTI da Samel. Na primeira passagem ele esteve de 10 a 11 de setembro na unidade hospitalar, mas foi liberado após apresentar melhoras. Porém, o cantor apresentou complicações da doença.

Foto: Reprodução/Facebook

A cantora Vanessa Alfaia, esposa do cantor, vinha acompanhando seu marido no hospital 24 horas por dia e Klinger Júnior, filho do artista, vem cuidado das questões burocráticas.

Klinger Araújo foi sepultado no cemitério Parque Tarumã, situado na Zona Oeste de Manaus e teve homenagens de várias pessoas.

Trajetória

Natural de Parintins, Klinger Araújo veio morar em Manaus com 19 anos de idade. Ele foi radialista em veículos de comunicação como a Rádio Difusora do Amazonas, Novidade FM e Amazonas FM. Além disso, também foi locutor na TV Amazonas.

O artista foi um dos primeiros cantores de boi-bumbá na década de 1990 em Manaus. Ele ficou reconhecido por toadas como ‘Repeneirando’ e ‘Bumba Bumbum Bumbá’, consequentemente ganhou notoriedade nacional após participar de programas como Ratinho, Raul Gil e Planeta Xuxa.

Confira a declaração de Vanessa Alfaia

Foto: Reprodução/Facebook

Leia também: Klinger Araújo foi homenageado em bloco carnavalesco de Parintins; Relembre a participação

klinger esposa

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap