sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Mercado imobiliário registra faturamento de R$ 236 milhões

O mercado imobiliário do Amazonas vai fechar o ano com chave de ouro. Somente no terceiro trimestre, foi registrado um faturamento de R$ 236 milhões, somado aos dois primeiros trimestres, o valor é de R$ 578 milhões. O total representa 95,8% de rendimentos obtidos em comparação ao ano passado, quando a receita correspondeu a R$ 603 milhões.

As vendas do setor foram 50% a mais em relação ao ano passado. Quanto a lançamentos, houve um incremento de 30% em comparação a 2018. A geração de empregos também teve um saldo positivo com a contratação de 3 mil funcionários. Os dados são da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-AM) e do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM).

De acordo com o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM), Frank Souza, a movimentação na economia ao longo deste ano foi fundamental para o cenário positivo do setor. “Nosso desempenho deste ano foi bem melhor que o do ano passado. Houve uma estabilidade financeira e, além disso, a demanda por moradia aumentou no nosso Estado”, comentou.

Ainda conforme o dirigente, a redução de valores também impulsionou a melhora do setor imobiliário local. “Este ano foi um período de ajustes. Os preços ficaram mais em conta para os consumidores que aproveitaram as condições para fazer investimento em moradia”, enfatizou.

As condições de pagamento também contribuíram para a alta na demanda por moradias. Os bancos reduziram as taxas de juros e proporcionaram mais facilidades para o crédito de pessoas físicas.

Além disso, outro destaque do setor são os produtos convencionais que impulsionam o mercado como um todo e possuem valores a partir de R$ 190 mil. “Estes itens são financiados com recursos da poupança. As vendas estão relevantes, tanto dos produtos convencionais quanto do programa Minha Casa, Minha Vida”, enfatizou o diretor da Comissão de Indústria Imobiliária da Ademi-AM, Henrique Medina.

Empreendimentos

Foram lançados sete empreendimentos residenciais até o terceiro trimestre deste ano, que totalizam 2.117 unidades. Os bairros que alcançaram 59,8% das unidades vendidas também no mesmo período foram Tarumã (254), Ponta Negra (140), Planalto (127), Alvorada (117), São Geraldo (92) e Lago Azul (87). 

Da Redação

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também