terça-feira, 16 de agosto de 2022

Ministro da educação diz que está sendo perseguido e processado por “esquerdistas”

Durante a 5ª Conferência da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional, que aconteceu em Manaus, neste sábado (19), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que está sendo perseguido e processado por “esquerdistas”.

O ministro chegou em Manaus acompanhado do deputado federal Silas Câmara (PRB). O evento aconteceu auditório da Nova Canaã, localizado na avenida Rodrigo Otávio, no Japiim.

A Conferência reuniu líderes evangélicos e políticos do Amazonas, além de representantes do Governo Bolsonaro.

O evento que faz parte de uma série de encontros que vêm sendo realizados em todo território nacional, a exemplo de Brasília, Bahia, São Paulo, Rio Grande do Sul e agora Manaus com o tema: “O Novo Brasil na Perspectiva Cristã, a conferência irá contar com as participações e palestras dos ministros: Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, Educação, Abraham Weintraub, o Juiz Federal, Willian Douglas, e o presidente da Frente Parlamentar Evangélica deputado federal Silas Câmara (Republicanos/AM).

Manifestação

Na entrada do auditório Canaã, docentes da Universidade Federal do Amazonas (Adua), fizeram uma manifestação na contra a visita da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos do Brasil, Damares Alves e o ministro da educação.

Por Henderson Martins

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também