Motorista de aplicativo é morto a facadas pelo atual da ex-esposa

O autor do crime é o atual companheiro da ex-mulher da vítima, identificado apenas como "Robson", que está foragido
Hudson foi morto com facadas no tórax e nas costas - Foto: Divulgação

O motorista de transporte por aplicativos Hudson Oliveira da Silva, 33, foi assassinado a golpes de faca na noite dessa terça-feira (13), após uma disucussão na casa da ex-companheira, na rua Frei José de Leoniza, no conjunto João Paulo II, bairro Nova Cidade, zona norte de Manaus.

Segundo o relatório da ocorrência policial, o autor do crime é o atual companheiro da ex-mulher da vítima, identificado apenas como “Robson”, que deixou o local em um carro Palio prata, de placa PHL-9010, e está foragido. A mulher não estava no momento do crime.

Após ser agredido com duas facadas, a vítima foi socorrida para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, popularmente conhecido como “SPA Galiléia”. No entanto, Hudson não resistiu aos ferimentos no tórax e nas costas.

O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e fez a remoção do corpo. O caso foi registrado na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), que abriu inquérito policial. Hudson possuía passagem por ameaça contra a ex-mulher, a qual tinha uma medida protetiva.

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap