Mulher é presa após tentar trocar filho por ‘corote’ no interior do AM. VEJA:

A criança tem apenas 10 meses e vivia em condições desumanas.
Por thiago.eduardo
Publicado em 23/05/20 às 04h18

Uma mulher que não teve a identidade revelada foi detida nesta sexta-feira (22), após tentar trocar o próprio filho por uma garrafa de cachaça, no município de Manacapuru, distante 103 quilômetros de Manaus.

Uma denúncia levou o Conselho Tutelar até o endereço onde a mulher vivia. O caso foi registrado na Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente (Depca).

Ao chegar a residência em que a mulher vive os policiais a encontraram completamente alcoolizada. No ambiente sujo e insalubre a mulher mantinha o bebê de apenas 10 meses. A polícia militar estava presente no local para dar apoio.

De acordo com o conselheiro tutelar Lucas Serrão, a família vivia em uma área afastada da cidade, em uma casa de madeira. “O local é totalmente inapropriado para a permanência e criação de uma criança. Tem vários objetos espalhados por todo lugar que representam risco à saúde do menino”, disse.

Ainda segundo Serrão, a denúncia foi feita ao Conselho Tutelar pela pessoa abordada pela mãe do menino para fazer a troca. Essa pessoa acabou não aceitando a oferta mas teria dado o dinheiro para a mãe comprar a cachaça.

Como a mulher estava sob efeito de álcool e não possuía parentes na cidade, os conselheiros tutelares Lucas Serrão e Alasson Campos levaram a criança para o acolhimento institucional do Município.

O menino deve permanecer no local sob os cuidados da equipe multiprofissional até que o conselho tutelar entre em contato com o restante dos parentes para que possam resgatar a criança.

A mulher foi encaminhada a delegacia para os procedimentos cabíveis. Ela vai ser indiciada por negligência e abandono de incapaz.

MATÉRIAS RELACIONADAS