Mulher é presa por matar e esquartejar o namorado com ajuda do filho dele, após seduzi-lo

O namorado da mulher, de 38 anos, teve corpo esquartejado e partes congeladas pelo próprio filho e a mulher
Mulher é presa por matar e esquartejar o namorado com ajuda do filho dele
Mulher é presa por matar e esquartejar o namorado com ajuda do filho dele

Uma mulher de 21 anos foi presa por suspeita de ajudar a ocultar o corpo do namorado, morto pelo próprio filho dele, em um apartamento no Bairro Bom Jardim, em Fortaleza. O adolescente de 16 anos foi apreendido nesta segunda-feira (27).

A mulher, identificada como Sara Morais, de 21 anos foi presa por suspeita de matar o namorado com a ajuda do filho da vítima, em Fortaleza. O adolescente de 16 anos foi apreendido na segunda-feira (27).

Sara Morais matou o namorado com a ajuda do próprio filho dele e abandonaram partes da vítima em Fortaleza e na Região Metropolitana. — Foto: Arquivo pessoal

Conforme a Polícia Civil, o homem de 38 anos, que era namorado da jovem e pai do adolescente, foi esquartejado e teve partes do corpo congeladas pelos suspeitos. Os braços e pernas da vítima foram encontrados em uma caixa de papelão abandonada em um bairro da cidade.

Já no último domingo (26), o tronco do homem foi localizado às margens do 4º Anel Viário, na Região Metropolitana de Fortaleza.

O filho da vítima, segundo a polícia, já responde a um ato infracional por posse irregular de arma de fogo.

Conforme o delegado Rodrigo Jataí, titular da 2ª Delegacia do Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), responsável pela investigação sobre o caso, Rafael Ferreira Barbosa, de 38 anos, foi morto com um tiro na cabeça na última quinta-feira (23), após uma discussão com o filho, em seguida teve o corpo esquartejado.

“De acordo com o adolescente houve uma discussão entre pai e filho, momento em que ele pegou a arma que pertencia ao pai e efetuou um disparo na cabeça do pai, vindo a causar o óbito. O adolescente afirmou que após o crime ficou desesperado e resolveu cortar os membros inferiores e superiores do pai, utilizando uma faca e um martelo”, disse o delegado durante coletiva sobre o caso.

Durante a morte, segundo Jataí, o filho relatou para os policiais que a namorada do pai, Sara Nascimento Parente de Morais, estava no imóvel, dentro de um quarto e foi rendida pelo adolescente. “Quando ela ouviu o disparo saiu do quarto, momento que o adolescente apontou a arma de fogo para ela e determinou que ela voltasse para o quarto, a amarrou e a manteve presa durante um dia inteiro”.

Após ser apreendido, o adolescente, que já tinha registro de ato infracional por posse irregular de arma de fogo, indicou o local em que jogou os membros do pai. Já Sara Nascimento, namorada da vítima, foi capturada pela polícia quando trabalhava em uma loja de roupas em um shopping no Bairro Jóquei Clube.

Apesar do adolescente relatar que a namorada do pai não participou diretamente da morte da vítima, a polícia afirma que partiu dela a decisão de ocultar o corpo para não chamar a atenção dos vizinhos.

A polícia registrou contra o adolescente atos infracionais análogos a homicídio, porte ilegal de arma de fogo e ocultação de cadáver. Sara vai responder por ocultação de cadáver e corrupção de menor.

Leia também: ‘Quer brigar por macho? brigue direito!’, diz mãe ao levar filha na casa de rival para brigarem; veja vídeo

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap