Mulher é proibida de visitar área de zoológico após chimpanzé se apaixonar por ela

O chimpanzé não estava mais interessado em interagir com os outros chimpanzés do zoológico, mas apenas com a visitante que o via todos os dias
Mulher é proibida de visitar área de zoológico após chimpanzé se apaixonar por ela
Mulher é proibida de visitar área de zoológico após chimpanzé se apaixonar por ela

Uma mulher na Bélgica foi proibida de visitar a área dos chimpanzés no zoológico de Antuérpia após ter desenvolvido um “relacionamento” com um dos animais. De acordo com funcionários do zoológico, citados pela revista americana Newsweek, o “caso” com o primata estava impedindo que ele se relacionasse com os outros chimpanzés.

A belga Adie Timmermans visitava Chita, um chimpanzé de 38 anos, todas as semanas nos últimos quatro anos.

“Eu amo aquele animal e ele me ama”, afirma a belga, citada pela revista.

O relacionamento de Timmermans com Chita consistia, segundo ela, em acenos e envio de beijos um para o outro através do vidro. Superficialmente, as interações parecem inofensivas. Mas os funcionários do zoológico dizem que esse tipo de “amizade” prejudica o status social do macaco em relação aos demais chimpanzés.

“Quando Chita está cercado de visitantes, os outros macacos o ignoram e não o consideram parte do grupo, embora seja importante para ele. Ele então se senta sozinho fora do horário de visita”, explica um funcionário do zoológico de Antuérpia, citado pela Newsweek.

Num esforço para promover o bem-estar social de Chita, o estabelecimento supostamente proibiu Adie Timmermans de visitá-lo.

“Eu não tenho mais nada. Por que eles querem me tirar isso? Estamos tendo um caso [sic], é o que tenho a dizer. Outras dezenas de visitantes podem fazer contato. Então por que não eu?”, questiona a belga.

Como mostra a revista americana, Chita está há 30 anos no zoo. Antes disso, ele era o animal de estimação de alguém, mas como se tornou “incontrolável”, foi cedido à instituição. Embora tenha aprendido o comportamento dos chimpanzés no zoológico, ainda mantém interesse por humanos.

Com informações via TrendsBR

Leia também: Mulher mexe no celular do marido e acha vídeo da filha de 3 anos sendo estuprada por ele em Manaus

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap