terça-feira, 16 de agosto de 2022

Mulher estuprada por anestesista não sabe do crime, afirma delegada

A prisão do médico anestesista foi convertida em preventiva nessa terça-feira (12)
Foto: Reprodução

Brasil – A mulher estuprada pelo médico anestesista Giovanni Quintella Bezerra, de 31 anos, não sabe da violência que sofreu no último domingo (10). As informações foram dadas pela titular da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti, na Baixada Fluminense, delegada Barbara Lomba, ao site Metrópoles.

Segundo a autoridade policial, a última informação recebida era de que a paciente não tinha conhecimento do fato. “Ela deve estar muito isolada”, pontuou. Ainda conforme a delegada, até o momento, ninguém da família da vítima prestou depoimento na delegacia.

Giovanni foi preso em flagrante na segunda-feira (11), após enfermeiras e técnicas do Hospital da Mulher Heloneida Studart, em São João de Meriti (RJ), filmarem o profissional estuprando uma grávida durante cesariana. O médico colocou o pênis na boca da paciente dopada. A prisão foi convertida em preventiva nessa terça-feira (12).

Com informações do Metrópoles

Leia também: Equipe de hospital revela como estupro foi filmado sem que médico notasse

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também