Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

13 de agosto, 2022

Mulher sai no tapa com amante do ex-marido em bar; VEJA VÍDEO

"Esse cabelo é meu, esse silicone é meu. Fui quem paguei, foi com o meu dinheiro”, disse a mulher ao reencontrar a amante do ex-marido
Confusão parou na delegacia. — Foto: Reprodução/RedesSociais

Em bar de Campo Grande, uma mulher de 35 anos protagonizou uma briga com uma jovem de 20 anos, que segundo ela foi amante do ex-marido dela. O estabelecimento fica na principal avenida da cidade e clientes presenciaram a confusão entre elas. Após a briga, as duas foram parar na delegacia, onde boletim de ocorrência foi registrado.

“Esse cabelo é meu, esse silicone é meu. Fui quem paguei, foi com o meu dinheiro”, disse a mulher em determinado momento da confusão.

Para a polícia, a ex-esposa disse que tem um histórico de desentendimentos com a jovem, pois ela teve um relacionamento extraconjugal com o marido dela, além de tê-la perseguido por meio das redes sociais por um tempo. “Tive problemas psicológicos por isso”, completou em depoimento.

Por volta das 22h de sábado (16), as duas se encontraram em um bar da área nobre da capital. Ao ver a amante do ex-marido, a mulher chegou a chamar a polícia. Contudo, como nenhum fato criminoso tinha ocorrido até o momento, nada pôde ser feito.

Veja o barraco:

‘Tapas e puxões de cabelo’

Quando a mulher já estava saindo do bar, elas começaram a discutir, aponta a polícia. Em depoimento, a mulher contou que a jovem “partiu para cima dela” com puxões de cabelo, arranhões e tapas. E por conta disso, teve a língua e cabeça lesionadas.

A jovem também compareceu à delegacia para comunicar que foi agredida. Segundo ela, a confusão começou quando ela foi para a área externa fumar.

Na versão apresentada à polícia, a jovem relata que percebeu a mulher indo na direção dela para agredi-la com uma taça de gim. Durante a briga, ela diz que teve parte do cabelo arrancado e sofreu lesões na cabeça, no rosto e no cotovelo.

Seguranças do estabelecimento intervieram para separar as duas. O caso foi registrado como lesões corporais recíprocas e segue em investigação na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Centro.

*Com informações do G1

Leia também: Recompensa agora é de R$ 20 mil para quem achar paraquedista vivo no AM, diz família

Acompanhe as redes sociais do Portal Tucumã

MATERIAS RELACIONADAS