Mulher tem o pescoço cortado por linha de cerol no bairro Cidade de Deus

Marta Cristina estava em um motocicleta nas proximidades da Reserva Adolpho Ducke. Ela foi levada às pressas para o Hospital Platão Araújo.
Por joao.castro
Publicado em 28/05/20 às 08h19
mulher corte linha

Fotos: Divulgação

Uma mulher identificada apenas como Marta Cristina teve o pescoço cortado por uma linha de pipa (papagaio) com cerol na tarde desta quinta-feira (28) nas proximidades da Reserva Florestal Adolpho Ducke, situada na avenida Margarita, bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus.

As testemunhas relataram ela estava andando de motocicleta quando foi pega de surpresa pela linha de cerol. Marta perdeu muito sangue e foi levada às pressas para o Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste da capital.

Neste momento ela se encontra no centro cirúrgico, os familiares da vítima aguardam notícias na unidade unidade hospitalar. Pessoas próximas de Marta Cristina afirmaram que ela trabalha em um posto de gasolina como frentista.

Ainda não há informações sobre o paradeiro do responsável pelo material, mas a polícia deve fazer uma busca.

Em Manaus, a Lei nº 1968, de 23 de março de 2015, proíbe a venda e comercialização e o uso de cerol em áreas públicas e de uso comum. Se um menor de idade cometer um delito com a linha de cerol, os pais ou responsáveis assumirão as consequências dos seus atos, conforme o artigo 3.

Por João Paulo Castro

MATÉRIAS RELACIONADAS