terça-feira, 16 de agosto de 2022

Músico Sidney Rezende, referência do Festival de Parintins, morre em Manaus

Divulgação

O cantor e compositor Sidney Rezende morreu aos 65 anos neste sábado (9) vítima de uma parada cardíaca. O artista era referência no Festival Folclórico de Parintins com suas composições para os bois Garantido e Caprichoso.

O músico estava internado desde o dia 1º de abril no Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto onde faleceu nesta madrugada. Natural de Minas Gerais, Sidão como era conhecido viveu mais de 30 anos em Parintins e foi um dos primeiros a gravar “O Amor está no ar”, de Chico da Silva.

Por meio das redes sociais, o Garantindo emitiu uma nota em homenagem a Sidney que contribui para o folclore dos dois bumbás. Coonfira abaixo:

“É com enorme tristeza que a Associação Folclórica Boi-Bumbá Garantido (AFBBG), se despede do artista, cantor, compositor, músico, produtor, sócio e torcedor do Boi Garantido, Sidney Rezende.

Gigante no talento e único em sua história, Sidney transformou a musicalidade das toadas do boi-bumbá de Parintins. Seu estilo refinado e apuro técnico impactaram a tal ponto, que sua contribuição é unanimidade na acirrada rivalidade entre o Garantido e o contrário.

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também