sexta-feira, 27 de maio de 2022

Polícia

‘Ney Pitbull’, líder da RDA, é morto em confronto com a Rocam em Manaus

Franciney Amorim dos Santos também seria um dos braços direito do narcotraficante 'João Branco'
Reprodução

Manaus (AM) – Franciney Amorim dos Santos, de 45 anos, conhecido como “Ney Pitbull”, foi morto durante confronto com policiais da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam). Um suposto comparsa também foi morto durante a ação.

De acordo com a polícia, os agentes foram checar uma denúncia de tráfico de drogas na noite dessa quinta-feira (27) em uma área de invasão nas proximidades da Avenida Arquiteto José Henrique, bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

Ao chegarem no local, o militares teriam sido recebidos a tiros pelos suspeitos. Os militares reagiram e mataram a dupla que estavam em posse de um fuzil e também uma arma de fogo calibre 38.

Os suspeitos foram levados para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Galiléia, mais já deram entrada sem vida.

“Ney Pitbull” era líder de uma facção criminosa conhecida em Manaus como RDA, e também seria um dos braços direito do narcotraficante João Pinto Carioca, “João Branco”.

Os corpos foram recolhidos para o Instituto Médico Legal (IML), e os armamentos apresentados para a polícia civil.

MATERIAS RELACIONADAS