Omar Aziz e Eduardo Braga assumem como membros independentes na CPI da Covid-19

Os senadores da bancada amazonense Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) foram confirmados como membros titulares de posicionamento independente para atuarem na CPI da Covid-19
Omar Aziz e Eduardo Braga assumem como membros independentes na CPI da Covid-19
Omar Aziz e Eduardo Braga assumem como membros independentes na CPI da Covid-19

Os senadores da bancada amazonense Omar Aziz (PSD) e Eduardo Braga (MDB) foram confirmados como membros titulares de posicionamento independente para atuarem na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19. Ambos, foram oficializados após a leitura de anúncio feita pelo presidente do senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) nesta quinta-feira (15).

A divisão de cadeiras dos 11 titulares e 7 suplentes de comissões é feita, tradicionalmente, baseada no tamanho dos blocos partidários que existem na Casa. Para que isso seja alterado dessa vez e outro método de distribuição seja usado, seria preciso um amplo acordo entre os senadores.

Eis quantas vagas de titulares da CPI cada bloco tem direito por essa regra:

  • Bloco MDB, PP e Republicanos – 3 vagas de titulares e duas de suplente;
  • Bloco PSDB, Podemos e PSL – duas vagas de titulares e uma de suplente;
  • PSD – duas vagas de titulares e uma de suplente;
  • Bloco DEM, PL e PSC – duas vagas de titular e uma de suplente;
  • Bloco Rede, Cidadania, PDT e PSB – uma vaga de titular e uma de suplente;
  • Bloco PT e Pros – uma vaga de titular e uma de suplente.

O PSD é o único partido com representação no Senado que não constitui nenhum bloco, por isso também é contado para a distribuição de cadeiras. Ainda assim, mesmo se comparado aos grupos, a sigla é a 3ª maior em tamanho.

Eis a lista completa, por bloco, com suplentes:

  • Bloco MDB, PP e Republicanos 
    • Titulares: Eduardo Braga (MDB-AM), Renan Calheiros (MDB-AL) e Ciro Nogueira (PP-PI);
    • Suplentes: Jader Barbalho (MDB-PA), Luis Carlos Heize (PP-RS) ou Elmano Férrer (PP-PI);
  • Bloco PSDB, Podemos e PSL 
    • Titulares: Tasso Jereissati (PSDB-CE) e Eduardo Girão (Podemos-CE);
    • Suplentes: Marcos do Val (Podemos-ES);
  • PSD
    • Titulares: Otto Alencar (PSD-BA) e Omar Aziz (PSD-AM);
    • Suplentes: Angelo Coronel (PSD-BA);
  • Bloco DEM, PL e PSC
    • Titulares: Jorginho Mello (PL-SC) e Marcos Rogério (DEM-RO);
    • Suplente: Zequinha Marinho (PSC-PA);
  • Bloco Rede, Cidadania, PDT e PSB
    • Titular: Randolfe Rodrigues (Rede-AP)
    • Suplente: Alessandro Vieira (Cidadania-SE);
  • Bloco PT e Pros
    • Titular: Humberto Costa (PT-PE);
    • Suplente: Rogério Carvalho (PT-SE).

Com informações via Poder360
Foto: Divulgação

Leia também: TSE gasta R$ 390 milhões para compra de 75 mil urnas

Omar Aziz e Eduardo Braga assumem como membros independentes na CPI da Covid-19
Samel Banner Lateral

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap