sábado, 18 de janeiro de 2020
M

Publicidade

Operação Tentáculos 2 reforça policiamento em zonas de Manaus

(Imagem: Reprodução DCS/PMAM) Aproximadamente 180 policiais , divididos em 33 viaturas, vão reforçar o policiamento nas ruas de Manaus a partira da noite desta segunda-feira (13) em mais uma fase da operação Tentáculos. A operação visa coibir o crescimento da violência em Manaus, que em apenas 12 dias 2020 resultou em 53 pessoas mortas de…
Publicado em 13/01/20 às 09h10
Por raphaelsampaio

(Imagem: Reprodução DCS/PMAM)

Aproximadamente 180 policiais , divididos em 33 viaturas, vão reforçar o policiamento nas ruas de Manaus a partira da noite desta segunda-feira (13) em mais uma fase da operação Tentáculos. A operação visa coibir o crescimento da violência em Manaus, que em apenas 12 dias 2020 resultou em 53 pessoas mortas de forma violenta.

A Operação pretende asfixiar a atuação dos criminosos por meio de incursões em áreas vermelhas e com maiores índices de violência, especialmente nas zonas Sul, Leste e Norte. As três áreas têm apresentado elevado índice de mortalidade, com uma mórbida variedade de modos de ação resultando em torturas e execuções. Fiscalizações e blitze também estão previstas para as ruas da cidade.

De acordo com o tenente-coronel Auzier, subcomandante do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), se a Polícia conseguir identificar os suspeitos antes deles praticarem crimes, a população percebe a melhoria da sensação de segurança.

Entre o policiamento comum e o reforço prestado por meio da operação “Tentáculos 2”, que inclui policiais de diversas unidades de operações especiais, cerca de 400 PMs estarão atuando nas ruas da capital amazonense.

Da Redação

Matérias Relacionadas

Detento do semiaberto é morto na porta de casa no Santo Antônio

Detento do semiaberto é morto na porta de casa no Santo Antônio

Manoel Thiago da Silva Barbosa, 26 anos, conhecido como “Boiado”, foi assassinado por tiros disparados contra ele na rua Costa e Silva, bairro Santo Antônio, zona Oeste de Manaus. Ele foi morto em frente a sua residência, onde costumava vender churrasco.