sexta-feira, 27 de maio de 2022

Polícia

Padrasto registra enteada como filha e a estupra há 4 anos em Manaus

Prisão ocorreu no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital

MANAUS | Um homem não indentificado de 43 anos foi preso por estupro de vulnerável, cometido contra sua enteada, uma criança de 10 anos. A ação policial Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), cumpriu o mandado de prisão, na manhã desta sexta-feira (28), por volta das 6h, no bairro Cidade Nova, Zona Norte da capital

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e Adolescente (Depca), cumpriu, na manhã desta sexta-feira (28), por volta das 6h, mandado de prisão preventiva em nome de um homem de 43 anos,

De acordo com a delegada Joyce Coelho, no dia 23 de janeiro deste ano, a avó da vítima registrou um Boletim Ocorrência (BO) na unidade especializada, relatando que a neta contou que sofria os abusos desde os 6 anos de idade, e que o autor seria o seria o padrasto da criança, que a registrou como sua filha.

“Após o registro, nossas equipes solicitaram que fosse feito o exame no Instituto Médico Legal (IML) e, posteriormente, foi constatado que houve o crime contra a criança. Então, iniciamos as diligências para efetuar a prisão do infrator”, explicou a delegada.

Segundo a autoridade policial, com base nas informações, foi solicitado à Justiça o mandado de prisão em nome do infrator, expedido na quarta-feira (26), pela juíza Andréa Jane Silva de Medeiros, da Central de Plantão Criminal, e cumprido na data de hoje.

O homem responderá pelo crime de estupro de vulnerável e ficará à disposição do Poder Judiciário.

MATERIAS RELACIONADAS