sexta-feira, 27 de maio de 2022

Polícia

Pai de santo é condenado a 8 anos por estuprar e engravidar virgem

O pai de santo de uma tenda espírita de Águas Lindas (GO), acusado de abusar sexualmente de pelo menos três mulheres e uma adolescente, foi condenado nessa quinta-feira (12/5) a oito anos e dois meses de prisão por um dos crimes cometidos. O julgamento foi realizado pelo Tribunal do Júri de Ceilândia.

De acordo com a denúncia feita pelo Ministério Público (MPDFT), a vítima passou a frequentar o local em 2016. No final daquele ano, houve uma festa e o acusado, se dizendo incorporado pelo “Exu Capitão Veludo”, aproximou-se da adolescente, sua filha de santo, e disse a ela que ambos eram casados e que pediria permissão ao “astral” para tocá-la.

Após uma semana, o homem, supostamente incorporado, informou que o ato sexual entre os dois deveria ser praticado o mais rápido possível, pois, caso contrário, ela seria estuprada por alguém. A relação foi mantida por mais de dois anos, até que a vítima descobriu uma gravidez. Nesta oportunidade, o réu convenceu a vítima a praticar o aborto.

MATERIAS RELACIONADAS