Parlamentares solicitam liberações de verbas para o Amazonas, por meio de emendas e Fundo da Amazônia

Bastidores
Confira os destaques da Política local e nacional.
Por Edilânea Souza
Publicado em 29/04/20 às 10h49

Está prevista a liberação de mais de R$ 13 milhões para 49 municípios do Estado do Amazonas, para o enfrentamento do coronavírus. O recurso é proveniente de emenda parlamentar impositiva, apresentada pelo senador Eduardo Braga (MDB/AM) ao Orçamento da União. Em vídeo nas redes sociais, o senador afirmou que as ordens para pagamentos já foram geradas e que deverão entrar ainda nesta semana na conta dos municípios.

A verba deve contemplar os municípios de Anamã,  Anori,  Apuí, Atalaia do Norte, Barcelos, Barreirinha, Benjamin Constant, Beruri, Boa Vista do Ramos,  Boca do Acre, Borba, Canutama, Carauari, Careiro da Várzea, Codajás, Eirunepé, Fonte Boa, Guajará, Humaitá, Ipixuna, Itacoatiara, Itamarati, Itapiranga, Juruá, Jutaí, Lábrea, Manacapuru, Manaquiri, Manicoré, Maraã, Maués, Nova Olinda do Norte, Novo Aripuanã, Parintins, Pauini, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, Santo Antônio do Içá, São Gabriel da Cachoeira, São Paulo de Olivença, São Sebastião do Uatumã, Silves, Tabatinga, Tapauá, Tonantins e Urucurituba.

Mais recursos

Outro parlamentar a requerer verba para o enfrentamento do coronavírus no Amazonas foi o senador Plínio Valério, que propôs que os recursos do Fundo Amazonas sejam destinados para ações de enfrentamento à Covid-19 na região. O estado do Amazonas tem uma das situações mais críticas do país, com sobrecarga do sistema de saúde, com mais de 4,3 mil infectados e 351 mortes até esta terça-feira (28).

Funerais triplicados

A secretária municipal de Assistência Social e Cidadanias (Semasc), Conceição Sampaio, falou na manhã desta quarta-feira (29), durante audiência na Câmara Municipal de Manaus que o número de funerais triplicou em Manaus, com a pandemias do coronavírus. “O SOS Funeral não tem parado, nós estamos atuando 24h todos os dias para atender os manauaras”, disse Conceição .

Durante a audiência, Conceição falou ainda, que todos os serviços assistenciais da Semasc estão funcionando, como: abrigos, cozinhas comunitárias, atendimentos as pessoas em situação de rua, entre outros serviços prestados pela secretaria.

Lockdown

A deputada Joana Darc falou na manhã desta quarta-feira (29), durante sessão remota na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), que o “lockdown”, poderá ser uma solução para reduzir o agravamento dos casos de coronavírus. De acordo com a parlamentar, muitas pessoas continuam nas ruas indo nas feiras, nos bancos, e outros estabelecimentos em Manaus.

“Infelizmente nós estamos com baixa adesão no isolamento social no Amazonas. Não vai ter serviço de saúde que aguente, nem privado e nem público, não vai ter cemitério ou crematório que aguente se as pessoas não compreenderem que a medida mais eficaz é você ficar em casa. Embora tenha circulado um notícia falsa há dois dias, em vários grupos de WhatsApp, com áudio e mensagem em que o Estado entraria em lockdown, e esse áudio criminoso é feito por pessoas “terroristas”, divulgam algo que não é verdade no momento, apesar de que eu acho extremamente necessário, e fazem com que as pessoas fiquem desesperadas, indo as farmácias, drogarias, bancos e feiras”, disse a parlamentar.

Bastidores

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap