Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

‘Pelado’ confirma à PF que esquartejou e escondeu corpos de indigenista e jornalista no AM

buscas
Campanha nas redes pressiona pelas buscas de jornalista e indigenista. Foto: Reprodução

Os irmãos Oseney Oliveira e Amarildo da Costa, confessaram à Polícia Federal (PF), que mataram, esquartejaram e jogaram os corpo de Bruno Pereira e Don Phillips, em uma vala após 11 dias de buscas pelas vítimas em uma localidade conhecida como Vale do Javari, em Atalaia do Norte, Inteior do Amazonas.

Incialmente, informações divulgadas em áudios, informaram que ‘Pelado’ teria confirmado que participou da morte das vítimas e levará a polícia até o local onde supostamente estavam os cadáveres na tarde desta quarta-feira (15).

‘Pelado e Dos Santos’, confessaram o crime após interrogatórios da Polícia Civil para investigar o desaparecimentos do indigenista e do jornalista, desde que Amarildo foi preso, última quarta-feira passada, e seu irmão Osineym neta terça-feira, em Atalaia da Norte. Eles com a prisão temporária por trinta dias pela justiça.

O indigenista da Funai Bruno Pereira e o Jornalista do The Guardian, Don Phillips, estavam desaparecidos desde o dia 5 de junho, quando foram vistos pela útlima vez na comunidade São Rafael, proximidades de Atalaia do Norte. Durante as buscas, restos mortais do que se acredita ser um estômago humano, foram encontrados dentro de um rio e encaminhados para perícia no Distrito Federal. O resultado dos exames que devem apontar se o material resgatados pertecem as vítimas, deve ser divulgado ainda nesta quarta-feira (15).

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS