Período da janela partidária inicia na próxima quinta-feira (5)

Confira os destaques da Política local e nacional.
Publicado em 27/02/20 às 10h42
Por Edilânea Souza

Candidatos que querem participar das eleições municipais de 2020 devem ficar atentos as datas estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para a confirmação de candidatura. Para candidatos que já exercem cargo político e desejam trocar de partido, eles têm do dia 5 de março até 3 de abril para fazer a transferência.

No período da chamada “janela partidária” os candidatos podem mudar de partido por justa causa, para concorrerem nas eleições majoritária ou proporcional sem perder o mandato.

Já o dia 4 de abril é o prazo final para todos que desejam concorrer a um cargo eletivo estarem filiados a um partido devidamente registrado no TSE. A data marca seis meses antes do pleito, que acontecerá em outubro.

Novos partidos

Um dos partidos que está correndo atrás de registro junto ao TSE é o Aliança pelo Brasil, do presidente Jair Messias Bolsonaro, mas é necessário 492 mil assinaturas para a consolidação do partido.

Novas assinaturas

Até esta quarta-feira (26), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) havia validado apenas 3.334 assinaturas e são necessárias, no mínimo, 492 mil para obtenção do registro. É provável que a participação do Aliança nas eleições municipais de 2020 não seja concretizada em tempo hábil, até o dia 4 de abril.

Segundo o advogado Luís Felipe Belmonte dos Santos, segundo vice-presidente e principal operador do partido a ser criado, mais de 1 milhão de assinaturas foram coletadas, porém não foram reconhecidas nos cartórios eleitorais.

Leia mais: Frota vai entrar com pedido de impeachment de Bolsonaro, diz revista

MATÉRIAS RELACIONADAS