Policiais são expulsos após serem flagrados fazendo sexo durante o expediente

A denúncia, feita de forma anônima, motivou uma investigação sobre o casal.
Por Alessandra Aline Martins
Publicado em 28/09/20 às 11h28

Dois polícias de Gwent, no País de Gales, no Reino Unido, foram expulsos da coorporação após ser descoberto que eles mantinham relações sexuais durante o expediente. Eles, inclusivem, chegaram a ser pegos no flagra quando Zoe Philips, de 32 anos, fazia sexo oral em Andrew Perry, de 35 anos, em um dos carros de patrulha. 

A denúncia, feita de forma anônima, motivou uma investigação sobre o casal. Segundo o Daily Star, a chefia acionou o GPS dos carros que eles guiavam. O monitoramento mostrou constante encontro entre os dois na mesma área, sem motivo profissional aparente.

Andrew Perry confessou as “carícias intensas” trocadas pelos dois e admitiu que a colega lhe fez sexo oral. Segundo ele, os dois combinavam um ponto de encontro e seguiam, em seus carros da polícia, até zonas remotas da cidade.

Após essa descoberta, os dois agentes foram alvo de um processo disciplinar por má-conduta profissional, no qual foram considerados culpados e expulsos da coorporação. Zoe é mãe solteira de uma criança, enquanto Perry era casado com outra agente da polícia.

Com informações do O Tempo.

Foto: Divulgação

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap