Presos fogem de cela para salvar a vida de policial que sofreu infarto

Guarda ficou inconsciente em sua mesa na cadeia
Por Raphael Sampaio
Publicado em 30/07/20 às 06h44

(Foto: Divulgação / Gwinnett County Jail)

Três internos de uma penitenciária no Condado de Gwinnt, no estado da Geórgia, Estados Unidos, foram homenageados após salvarem a vida do vice-xerife da prisão, Warren Hobbs. O caso foi destaque nos telejornais americanos nesta terça-feira (28).

A percepção do detento Mitchell Smalls fez toda a diferença neste caso. Acostumado a ouvir o ronco compassado do agente penitenciário, Smalls percebeu algo de errado com a respiração do vice-xerife enquanto ele cochilava. Os roncos foram interrompidos e momentos depois, Hobbs caiu no chão, o que fez sua cabeça sangrar.

Vendo tudo da cela que ocupava, Smalls começou a gritar e chacoalhar as grades para mobilizar os internos, na tentativa de chamar a atenção dos outros agentes para salvarem o oficial. Com o barulho, Hobbs recuperou parcialmente a consciência e apertou um botão aleatório para liberação de uma das celas, que era dividida por outros dois detentos, Terry Lovelace e Walter Whitehead.

Assim que saíram, avisados por Smalls, correram para socorrer o agente, solicitando amparo médico pelo rádio e pelo celular que Hobbs carregava, além de levantar sua cabeça para diminuir o sangramento. Ao ser atendido, os detentos retornaram às celas voluntariamente.

Fama

Em entrevista a Fox News, Whitehead explicou que faria o mesmo com qualquer outro ser humano nesta situação:

“Eu não me importo se é um policial ou quem quer que seja. Farei o que puder para salvar um homem. Não quero que ninguém morra”, contou.

Hobbs foi levado ao hospital e já recebeu alta, se recuperando de uma parada cardíaca em casa.

O escritório do xerife do condado agradeceu a atitude dos detentos em um comunicado, acrescentando que é possível a criação de laços improváveis entre os dois lados da lei, visto que convivem no mesmo ambiente e dependem uns dos outros: “Muitas pessoas têm opiniões fortes sobre policiais e criminosos, mas esse incidente ilustra claramente a bondade potencial encontrada em ambos”.

Veja abaixo a reportagem do canal americano CBS.

Com informações do Uol

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link