Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

15 de agosto, 2022

Procuradora fica com rosto ensanguentado ao apanhar de colega de trabalho em prefeitura

O caso teria ocorrido após a vítima denunciar o comportamento do procurador no ambiente de trabalho
Procuradora
Reprodução / Gabriela Samadello Monteiro de Barros

Registro (SP) – A procuradora-geral Gabriela Samadello Monteiro de Barros, de 39 anos, foi espancada pelo também procurador Demetrius Macedo, da cidade de Registro, no interior de São Paulo, nessa segunda-feira(20).

O caso teria ocorrido após a vítima denunciar o comportamento do agressor no ambiente de trabalho.

De acordo consta o Boletim de Ocorrência, Gabriela estava trabalhando, quando foi surpreendida pelo agressor que desferiu cotoveladas e socos contra seu rosto. Outras pessoas que estavam presentes tentaram defender a procuradora, mas não conseguiram.

Os funcionários do setor jurídico ouviram a gritaria e conteram o procurador, que após as agressões, ainda ofendeu Gabriela por várias vezes.

A vítima informou a polícia que dias atrás ela enviou um memorando à Secretaria Administrativa com propósito de procedimento administrativo, após ela flagrar Demetrius tratar de forma grosseira uma outra colega de trabalho.

Foi publicado em Diário Oficial a informação que uma comissão seria criada para apurar os fatos, o que teria motivado as agressões contra a procuradora.

A Prefeitura de Registro repudiou as agressões e diz que está tomando providências cabíveis:

“A administração municipal está tomando as providências necessárias e já determinou, de imediato, que o agressor seja suspenso, nos termos do art. 179, c/c inc. III do art. 180, ambos da Lei Complementar nº 034/2008 – Estatuto dos Servidores Públicos do Município de Registro, com prejuízo de seus vencimentos, a partir de 21 de junho”.

LEIA MAIS:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS