terça-feira, 16 de agosto de 2022

Professor é assassinado quando saía para trabalhar na Compensa

O professor de física, Diego Lima de Araújo, 36, foi assassinado a tiros na manhã desta quarta-feira (16), enquanto saia para trabalhar e levava a filha de 17 anos para a escola no Beco Santa Maria, no bairro Compensa 1, zona Oeste de Manaus.

De acordo com a polícia, o crime ocorreu por volta das 6h45 pode se tratar de um latrocínio. As informações preliminares são de que um homem, ainda não identificado, teria abordado Diego no momento em que ele retirava a motocicleta da garagem de sua casa, enquanto a filha dele havia voltado para dentro de casa para pegar algo que havia esquecido.

Foi durante este momento que o acusado teria arrancado o cordão da vítima que possivelmente pode ter reagido e com isso teria sido baleado. Populares no local afirmaram ter ouvido pelo menos seis tiros, um deles atingiu a cabeça do professor que morreu na hora.

Os outros pertences que ele levava na mochila: notebook, carteira, dinheiro e outros objetos de valor não foram levados. A polícia trabalha com latrocínio como principal linha de investigação até o momento, mas outras hipóteses não estão descartadas

Diego era bastante querido na vizinhança e trabalhava atualmente na Escola Estadual Áurea Braga, onde a filha também estudava. Ele era pai de duas meninas, uma de 17 anos e outra de 3 anos. Assim que souberam do crime, muitos colegas foram até a casa de Diego para prestar solidariedade a família.

Da Redação

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também