Profissionais que trabalharam com Hebe Camargo detonam série da Globo: ‘não tem nada dela’

Série estreia nesta quinta-feira (30)
Por Raphael Sampaio
Publicado em 30/07/20 às 10h02

(Foto: Divulgação)

A estreia de “Hebe”, nova série da Globo que vai contar a história da apresentadora Hebe Camargo, movimentou profissionais que atuaram em vida com a apresentadora mais lembrada do rádio e da televisão brasileiros.

Falecida em 2012 por decorrência de um câncer, Hebe é interpretada por Andréa Beltrão. Algumas pessoas, entretanto, negam que as histórias contadas na série sejam um verdadeiro reflexo da vida de Hebe. Os créditos da produção já informam que se trata de uma obra de ficção inspirada livremente na história da loira.

Críticas

Apesar do aviso, Perpétua Lopes, uma das maiores fãs da ex-apresentadora do SBT, contou ao site NaTelinha que muitos dos acontecimentos fogem completamente da realidade. Ela explica que acompanhou a carreira desde o programa que Hebe tinha na TV Tupi.

Em diversos encontros com a famosa, Perpétua garante que nunca a viu bebendo uísque como a série retrata. “Ela não bebia durante o programa. O que eu a via tomar muitas vezes era café. Uma vez eu a vi no camarim comendo biscoito de polvilho com café. No SBT, ela fazia propaganda de cerveja e só bebia no merchandising. Mas botaram uma mulher bebendo uísque”, diz.

Apear das críticas, a fã entende que o seriado é “90% melhor” que o filme que chegou aos cinemas. Apesar da crítica “positiva”, e de até mesmo elogiar o desempenho da protagonista. ela ainda considera algumas desnecessárias. Isso inclui os momentos de violência e até as cenas de sexo.

“A Andréa Beltrão está muito bem no papel, ela é maravilhosa. Foi bem até demais, porque pegou uma personagem completamente diferente dela e fez muito bem. O roteiro é completamente fake. Ali não tem nada de Hebe”, garante.

Maquiador também discorda

Também em entrevista ao NaTelinha, Edu Sacchiero, cabeleireiro e maquiador que acompanhou Hebe Camargo por dez anos e escreveu um livro sobre ela, contou que discorda completamente da série da Globo e garante que não vai assisti-la.

“Se eu vou ver na TV? Nem fu… Quando vi o filme e a minissérie, eu não consegui me emocionar. Andréa Beltrão colocou uma peruca na cabeça, decorou o roteiro e, como boa atriz, fez o papel dela, mas não conseguiu trazer a Hebe de verdade”, critica.

Ele diz que até alguns figurinos usados pela atriz jamais seriam aceitos por Hebe. “Eu conhecia os gostos dela. Eu não a teria escalado para interpretá-la. Eu chamaria Débora Reis, atriz do musical da Hebe, ou até a Antonia Fontenelle”, polemiza Eduardo.

Na opinião do maquiador, a primeira fase, com Hebe jovem, é fiel ao que ela lhe contava de seu passado. O restante, para ele, é o oposto. “Totalmente infiel. Mostra uma Hebe que eu não reconheci. Realmente, discordo de muita coisa ali. Já falei, ela nunca bebia uísque, não bebia no camarim, nunca bebeu no trabalho, jamais deixava o público esperando, não falava palavrão, nunca jogou microfone no chão”, garantiu.

Com informações do Overtube

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link