Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

Quarto suspeito de assassinar sargento da PM é preso em Manaus; VEJA

Jhon Lenon foi responsável pela logística das pessoas que vitimaram o PM, segundo a PC-AM

Manaus (AM) – John Lenon Silva Costa, 21 anos, é o quarto suspeito preso pelo envolvimento na morte do sargento da reserva da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), Evandro da Silva Ramos, ocorrido no dia 22 de janeiro deste ano. Lenon foi preso, na tarde desta sexta-feira (27), pela Polícia Civil do Amazonas.

Outros três suspeitos presos trata-se do casal identificado como Alexandre Borges de Oliveira, de 20 anos, e Thayssa Ramos Costa, 19, neta do sargento, além de Vicente Henrique Marculino Pimentel, 21, conhecido como ‘Lágrima’. De acordo com a delegada Déborah Barreiros, adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Jhon Lenon foi responsável pela logística das pessoas que vitimaram o PM.

“Ele era a pessoa que se reuniu com Thayssa, a neta do sargento, junto com o Vicente e o Alexandre Borges, o namorado da neta do sargento. Eles passaram então 24 horas antes arquitetando como iriam fazer para roubar o sargento e no dia do crime. Jhon Lenon foi responsável por dirigir, levar as pessoas até a casa do sargento e depois dar fuga para eles”, explicou.

Em depoimento a PC-AM, Lenon disse que não sabia que o grupo havia matado o PM. Após ser intimado em um de seus endereços pela Polícia, o suspeito se entregou espontaneamente na Especializada.

“Ele diz pra gente que não sabia que eles teriam matado o sargento durante essa empreitada criminosa, afirma que durante a fuga, ele recebeu o valor de R$ 1,5. E só tomou conhecimento da morte do sargento pela imprensa dois dias depois”, disse ainda a autoridade policial.

Um quinto envolvido no caso é Claudio Ferreira da Silva, identificado como “Festa”, que segue foragido. As pessoas que tiverem conhecimento sobre o paradeiro do infrator devem entrar em contato pelo número 181, disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM).

Entenda o caso

O policial militar sargento da PM Evandro da Silva Ramos foi assassinado a tiros dentro de casa no dia 22 de janeiro deste ano, por volta das 16h, no bairro Coroado, Zona Leste da capital. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio.

O sargento da PM Evandro estava na sala e tentou impedir a entrada dos assaltantes e foi imediatamente executado. Após isso, eles já sabiam onde essa quantia estava guardada, subtraíram essa quantia. Na residência estavam apenas dois familiares no momento do crime.

Veja fotos:

Leia mais: PM é morto a tiros após reagir a assalto em Manaus

Leia também: URGENTE: Neta de Sargento da PM é presa suspeita de planejar o assassinato do avô em Manaus

Siga o Portal Tucumã nas redes sociais

IG: https://www.instagram.com/portaltucuma/
FB: https://web.facebook.com/Portaltucuma
Twitter: https://twitter.com/PortalTucuma

MATERIAS RELACIONADAS