quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Rival do Flamengo, River enfrenta o Colón pelo Argentino em duelo de finalistas sulamericanos

Times estão classificados para as final de Libertadores da América e Copa Sulamericana (Foto: Pablo Stefanec/Reuters)

Ainda em êxtase após garantir novamente uma vaga entre os finalistas da Conmebol Libertadores, o River Plate voltará a campo nesta terça-feira (29), e terá pela frente uma verdadeira pedreira na Superliga Argentina. Brigando para encostar na liderança do Campeonato Argentino, o time de Marcelo Gallardo enfrentará o Colón, o finalista da Conmebol Sul-Americana nesta temporada.

De acordo com informações da imprensa argentina, o River Plate deverá mandar uma formação com força máxima a campo nesta terça-feira, principalmente para buscar a vitória que faria os Millonarios colarem no rival Boca Juniors pela liderança. Com isso, o técnico Marcelo Gallardo deverá mandar a campo a seguinte equipe: Armani; Montiel, Martínez Quarta, Pinola, Casco; Enzo Pérez; Nacho Fernández, Palacios, De la Cruz; Borré e Matías Suárez.

Ídolo na história do River Plate, clube onde esteve por 17 anos, Pablo Lavallén agora é o técnico do Colón, e terá pela frente a missão de parar o Millonarios jogando em pleno Monumental de Nuñez. Em entrevista ao jornal Olé, o ex-defensor admitiu que viverá um misto de sensações na partida.

“É uma sensação rara, porque é a camisa com a qual eu estive mais tempo em toda a minha vida, foram 17 anos como jogador no clube.  Toda vez que volto, sinto algo especial, pois há muitos amigos, muitas lembranças. E também a responsabilidade de enfrentar o melhor River Plate da história, com muitas conquistas e classificado para mais uma final da Libertadores. É um bom desafio”, disse Lavallén.

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também