Sandy lança EP e retoma carreira solo após turnê com Júnior

O retorno de Sandy e lançamento de EP, está entre os assuntos mais comentados no Twitter, assumindo os Trends Topics.
Por Sthefane Campos
Publicado em 14/10/20 às 11h51

Sandy está com um novo trabalho solo. A cantora lança um EP e três clipes. As músicas já estarão nas plataformas de streaming a partir do primeiro minuto da quarta-feira (14). Já os clipes entram no canal da cantora às 11h.

O novo EP ’10:39’ veio após 1 ano do projeto de turnê ‘Nossa História’.

Batizado de “10:39”, o EP chega com três músicas. “Piloto Automático”, releitura do Supercombo, “Lua Cheia”, do 5 a Seco, e uma nova versão de “Tempo”, canção da própria Sandy de “Manuscrito”, seu álbum de estreia na carreira solo, de 2010.

‘’O que está acontecendo no mundo muda o nosso olhar para muita coisa. E eu comecei a escutar certas músicas de uma maneira diferente, como eu nunca tinha escutado antes’’, disse a cantora.

O nome do EP, “10:39”, faz referência ao tempo total do novo trabalho, que a cantora pede que seja ouvido na ordem para seguir a narrativa e a mensagem que ela quer passar.

View this post on Instagram

Pra mim, como artista, seria impossível passar por esse período sem ser afetada de alguma maneira. A nossa profissão é toda baseada na nossa capacidade (ou necessidade) de expressar o que a gente sente em forma de arte. Mas, por algum motivo, quando eu pensava em compor, parecia que eu não conseguia ser completamente sincera ou suficiente. Quando a gente escreve com um assunto em mente, a gente se limita um pouco, e eu não queria, de maneira alguma, me apoiar em clichês ou correr o risco de soar minimamente oportunista. Por outro lado, acho que a arte, em suas diversas formas, ajudou a preservar um pouco a sanidade de muita gente durante esse ano, e comigo não foi diferente. Filmes, séries, músicas, livros, artes plásticas… me tocaram de um jeito indescritível e que ajudou a acalmar o coração em diversos momentos. E algumas canções específicas que eu já amava há muito tempo, de repente, se mostraram pra mim com um sentido completamente novo e inesperado. Assim nasceu a necessidade de fazer esse EP. “Piloto Automático”, da banda Supercombo, que conheci quando fui jurada do programa Superstar, “Lua Cheia”, da banda 5 a Seco da qual sou fã há anos e “Tempo”, que gravei no meu álbum de estreia da carreira solo, redescobri e que, nesse momento, tomou um tamanho muito maior do que tinha quando a compus, 11 anos atrás. Três músicas que viraram uma só, que se confundem uma com a outra, assim como as horas, os dias e os meses desse ano maluco. Produzi em casa, com a família e com poucos músicos que gravaram à distância suas lindas participações. Para ilustrar essas canções, chamei um artista que conheci e por cujo trabalho me encantei durante esse período, chamado Thainan Castro, que me presenteou com essa obra tão sensível, delicada e simbólica. Quando liguei pra meu amigo Douglas Aguillar (que me acompanhou e registrou todo o meu “ano de Sandy e Junior”) pedindo pra ele me ajudar a traduzir essas músicas em imagens, fomos à fazenda onde trabalha um amigo de infância e filmamos não um clipe, mas um sentimento, uma alegoria -> continua nos comentários <-

A post shared by Sandy (@sandyoficial) on

Senti que tudo o que eu falasse nesse momento corria o risco de soar clichê. Nessas músicas encontrei tudo aquilo que eu queria dizer.

Fiz com a intenção que as pessoas vissem os três clipes juntos e escutassem as três músicas na sequência. Por isso o EP se chama ’10:39′. É o nome do tempo que dura. É uma coisa só, uma unidade

A ideia do EP surgiu durante a quarentena, e as canções trazem mensagens de esperança para os tempos difíceis que estamos vivendo. Não fosse a pandemia, Sandy revelou que já teria retomado sua carreira solo em agosto, e no momento estaria na segunda parte da turnê.

O projeto que eu tinha para esse ano era atrelado à turnê. Então deixei para o ano que vem. 2020 foi cancelado, né? Vamos combinar. O EP foi a minha maneira de estar aqui, de me expressar artisticamente e dar algo para os meus fãs. Pretendia lançar músicas inéditas, mas vou retomar ano que vem.

Os clipes de “10:39” seguem a mesma estética e foram gravados em duas tardes no haras “Três Rios”, no interior de São Paulo, administrado por um amigo de Sandy. O trabalho rolou com equipe reduzida e ao ar livre por causa da pandemia. A cantora passeia por uma floresta, onde vive diferentes emoções.

O ar bucólico e etéreo foi rapidamente comparado a parte visual do disco “Folklore”, de Taylor Swift, mas Sandy garante que não se inspirou na cantora norte-americana para o seu novo trabalho, que tem a direção de Douglas Aguillar.

‘’Eu nem sabia como era a parte visual do disco da Taylor Swift. Foi uma coincidência. Sou cantora, deveria saber, né? Mas eu não estava prestando muita atenção’’, relata Sandy.

Eu sou muito fã de um artista que me inspira bastante, que é (a banda folk) Bon Iver. E soube que eles estão no disco da Taylor Swift. Então, se a gente pode fazer alguma comparação, está aí.

O anúncio do EP vem exatamente um ano depois do show de Sandy e Junior no Allianz Parque, em SP, que quase foi cancelado porque Sandy contraiu rotavírus. Em questão de horas, ela se recuperou e fez a apresentação completa. A turnê “Nossa História” acabou em 9 de novembro com um show no Rio.

‘’Eu estou muito feliz com o meu novo filho e este tem uma carga emocional diferente’’, finaliza a cantora.

Com informações da UOL.

Foto: Reprodução

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap