São Paulo leva de quatro no Equador e está praticamente eliminado na Libertadores

Time não resistiu à LDU e ainda viu River golear, complicando sua situação na competição
Por Raphael Sampaio
Publicado em 22/09/20 às 10h54

(Foto: AFP)

A noite de terça-feira do torcedor são-paulino não poderia ser pior. Em Quito, o Tricolor foi derrotado para a LDU, por 4 a 2, com três gols do adversário ainda no primeiro tempo. Para completar a catástrofe ao clube do Morumbi, o River Plate bateu o Binacional, no Peru, por 6 a 0, e abriu vantagem no Grupo D. Com isso, a equipe treinada por Fernando Diniz tem chances mínimas de sobrevivência na Copa Libertadores. 

Jogando fora de casa e precisando somar pontos para se manter com boas chances de classificação para a fase mata-mata, o São Paulo até que teve um bom início de jogo contra a LDU, mas rapidamente caiu de rendimento e viu a equipe mandante dominar a partida com facilidade. Em um erro conjunto de Igor Gomes e Hernanes e também se aproveitando dos espaços deixados pela marcação, a equipe de Quito resolveu o confronto em 45 minutos. 

A derrota deixa o Tricolor na terceira colocação, com apenas quatro pontos ganhos em 12 disputados. O vice-líder River Plate soma sete pontos e tem 11 gols de saldo (contra zero do São Paulo). Na próxima rodada, os comandados de Fernando Diniz encaram a equipe de Buenos Aires, na Argentina. Se não vencer no Monumental de Nuñez, o Tricolor estará virtualmente eliminada da Copa Libertadores.

Vexame no primeiro tempo 

O São Paulo passou um vexame no Equador, sobretudo na etapa inicial. Em 25 minutos, a equipe sofre três gols e perdeu completamente a confiança na partida. O segundo tento da LDU nasceu de um passe na fogueira de Igor Gomes para Hernanes na entrada da área. O time adversário roubou a bola e fez o gol. 

Depois, com o Tricolor já desesperado e tentando a todo custo diminuir o marcador, o time da casa acertou um rápido contra-ataque, e deixou Jhojan Julio livre para marcar seu segundo gol na partida e praticamente selar o triunfo da LDU em Quito. 

Gols saíram do banco

O primeiro gol do São Paulo foi marcado pelo garoto Brenner, após cruzamento de Paulinho Boia – que quebrou o galho atuando como lateral-direito. Os dois garotos ‘Made in Cotia’ entraram no intervalo, nas respectivas vagas de Vitor Bueno e Igor Vinícius, e melhoraram o time. O segundo, já na parte final da partida, foi anotado pelo colombiano Tréllez após passe de Brenner.

Lance!

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap