Sargento morta a tiros na 10ª Cicom registrou B.O por ameaça contra colega PM em maio

A vítima registrou um Boletim de Ocorrência (BO) contra o PM há 24 dias atrás por ameaça de morte; confira

Manaus – Alcileide Conceição Costa de Freitas, de 44 anos, foi morta com um disparo de arma de fogo por policial militar dentro 10ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), localizada no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste de Manaus. Ela era 3º Sargento da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM).

De acordo com informações preliminares, Alcileide e o PM não se davam muito bem e tinham brigas constantes no local de trabalho, onde o crime aconteceu.

A sargento havia realizado um Boletim de Ocorrência (BO) dia 17 de maio contra o colega de farda, onde relatou ter sido ameaçada de morte.

“Abre teu olho, tu é o pior verme que existe e tu sabe o que acontece com os vermes”, foi o que a sargento relatou no B.O que o PM disse para ela.

Foto Reprodução

Logo após o registro do B.O, a sargento pediu ainda transferência para o 21º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no intuito de ficar distante do PM.

Não há informações que confirmem que os envolvidos tinham um envolvimento amoroso. Diante disso, os familiares da vítima e amigos questionam o porque de não ter sido realizada a transferência, visto que já havia indícios de ameaças de morte.

O Portal Tucumã procurou a Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) para saber mais sobre o B.O registrado por Elcileide contra o PM e o motivo de não ter sido realizada a transferência da vítima da unidade de trabalho. Questionamos também sobre qual medida foi tomada para resguardar a vítima quando ela relatou que foi ameaçada de morte pelo suspeito. Até o momento ainda não obtivemos respostas, atualizaremos assim que houver mais informações.

Leia mais: Assassinada por amigo de farda? Sargento da PM é morta a tiros na 10ª Cicom

Leia mais: Quem matou a sargento Alcileide Freitas a tiros dentro da 10ª Cicom?

Foto; Reprodução

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap