Sexo consentido entre mãe e filho vira caso de polícia

Idosa de 64 anos e o filho, de 43, viraram alvo de um processo judicial
Por Alessandra Aline Martins
Publicado em 21/09/20 às 10h07

Uma idosa de 64 anos e o filho dela, de 43, enfrentam uma acusação de incesto junto às autoridades do estado de Massachusetts, nos Estados Unidos, depois de terem sido flagrado fazendo sexo. A esposa do homem em questão foi a responsável por vê-los durante o ato sexual. A polícia foi chamada à residência e, agora, os dois podem ficar presos por até 20 anos. As informações são do The Sun.

De acordo com o tabloide, Tony Lavoie foi pego pela própria esposa na cama com a mãe dele, Cheryl, no dia 20 de maio deste ano. Todos eles moravam na mesma casa e seria a primeira vez que mãe e filho tiveram contato sexual. “Não sei, simplesmente aconteceu”, teria dito Tony ao explicar a situação para um policial que foi até o imóvel da família.

Em conversas separadas com Tony e Cheryl, o oficial em questão ouviu o mesmo relato de ambos: eles disseram ter se aproximado mais nos últimos meses e que o sexo ocorreu depois que eles se beijaram, tudo de forma consensual. Apesar disso, foram intimados ao tribunal.

Segundo o Sentinela Enterprise, mãe e filho precisaram pagar uma fiança e estão em liberdade. No entanto, foram orientados a ficar distantes um do outro. Os dois se dizem inocentes. Tony, por sua vez, teria dito ao mesmo policial que quer buscar tratamento psicológico depois do ocorrido.

Agora, Tony e Cheryl devem retornar ao tribunal em 27 de outubro para uma audiência de pré-julgamento. Em Massachusetts, uma pessoa condenada por incesto pode ser punida com prisão de até 20 anos.

Com informações BHAZ.

Foto: Divulgação

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap