quarta-feira, 17 de agosto de 2022

SSP-AM reforça policiamento na invasão Monte Horebe, em Manaus

Após o registro de pelo menos quatro corpo encontrados na comunidade Monte Horebe, invasão que fica nas proximidades do conjunto residencial Viver Melhor, bairro Santa Etelvina, Zona Norte, a polícia reformou as ações no local.

De acordo com a polícia, a briga das facções criminosas é o principal motivo do aumento da criminalidade no local. Desde as primeiras horas do domingo (20), foram registrados ao menos quatro homicídios, que estão sendo investigados pela Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), da Polícia Civil.

Nessa segunda-feira (21), um corpo do sexo masculino, ainda não identificado, foi encontrado enterrado na invasão. O corpo foi encontrado por policiais militares do Cipcães, com apoio da cadela Fiona.

Ajuda

A Secretaria de Segurança informou que e a população pode ajudar com denúncias para checagem em tempo real através do telefone linha direta da Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam), o 99280-7574.

Mortes

As investigações em torno dos homicídios registrados no local estão a cargo da Delegacia Especializada de Homicídios e Sequestros (DEHS), da Polícia Civil. Ao todo, três homicídios foram registrados na área, entre a madrugada e a manhã desta segunda-feira.
Pela tarde, um corpo do sexo masculino, ainda não identificado, foi encontrado enterrado na invasão Monte Horebe. O delegado Denis Pinho, da DEHS, esteva no local junto com os policiais militares do Cipcães, com apoio da cadela Fiona.

“Estivemos nos locais de crime desde as primeiras horas da manhã, ouvimos algumas testemunhas e, no local do homicídio da manhã de hoje, indicaram que haveria um corpo enterrado na área de mata da invasão. Os peritos encontraram sete perfurações na cabeça e corpo da vítima de calibre 380 milímetros, mesmo calibre utilizado nos outros três assassinatos”, informou o delegado.

Da redação

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também