Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

13 de agosto, 2022

Surto inédito de hepatite em crianças alerta a comunidade científica internacional

Surto misterioso de hepatite preocupa britânicos Foto: Pixabay

Uma misteriosa onda de casos de hepatite em crianças tem deixado pais em estado de alerta no Reino Unido. Os chefes de saúde não têm ideia do que levou dezenas de crianças a serem atingidas pela doença inflamatória do fígado. Até agora, foram contabilizados cerca de 60 casos no país, todos afetando crianças com menos de 10 anos, segundo uma reportagem do jornal britânico “Daily Mail!.

As investigações também estão em andamento sobre o que desencadeou a condição em 11 jovens na Escócia. Por lá, os pacientes — que foram hospitalizados — tinham entre um e cinco anos.

As hepatites A a E, cinco tipos comuns de infecções virais que causam a doença, não foram detectadas em nenhum dos casos.

Meera Chand, diretora de infecções clínicas e emergentes da Agência de Segurança da Saúde do Reino Unido (UKHSA), disse que “investigações para uma ampla gama de causas potenciais estão em andamento, incluindo possíveis ligações a doenças infecciosas”.

— Estamos trabalhando com parceiros para aumentar a conscientização entre os profissionais de saúde, para que quaisquer outras crianças que possam ser afetadas possam ser identificadas precocemente e os testes apropriados realizados — afirmou Meera.

A Covid, bem como uma “variedade de outras infecções”, estão sendo considerados como a causa, disse a UKHSA ao MailOnline. Mas não há ligação com a vacinação até porque as crianças mais afetadas são muito jovens para serem elegíveis para a vacina.

Meera acrescentou que os pais têm sido lembrados de estarem cientes dos sintomas de icterícia – incluindo a pele com uma coloração amarela que é mais facilmente vista no branco dos olhos – e entrar em contato com um profissional de saúde assim que perceberem anormalidades.

A UKHSA recusou-se a fornecer um detalhamento de onde os casos estão localizados. A hepatite geralmente não apresenta sintomas perceptíveis — mas podem incluir urina escura, fezes de cor cinza pálida, coceira na pele e amarelecimento dos olhos e da pele. As pessoas infectadas também podem sofrer dores musculares e articulares, febre e cansaço.

Quando a hepatite é transmitida por um vírus, geralmente é causada pelo consumo de alimentos e bebidas contaminados com as fezes de uma pessoa infectada ou pelo contato sexual ou por meio de sangue.

Na Escócia, os chefes de saúde disseram que o número de casos em um período tão curto de tempo, combinado com a disseminação geográfica e a gravidade da doença, era “incomum”. Atualmente, não há causas claras para os casos detectados em Lanarkshire, Tayside, Greater Glasgow e Clyde and Fife.

Os 11 casos hospitalizados na Escócia desde março são mais do que a média de sete a oito casos de hepatite não A a E registrados no país todos os anos. E a Public Health Scotland disse que nenhuma conexão clara entre os casos foi identificada.

Nicholas Phin, diretor de saúde pública da organização, disse que a investigação está em seus estágios iniciais.

— Se você tem um filho que mostra sinais de icterícia, onde a pele tem uma coloração amarela e é mais facilmente vista no branco dos olhos, os pais devem entrar em contato com seu médico ou outro profissional de saúde. Continuamos a investigar esses casos e forneceremos mais atualizações à medida que estiverem disponíveis — afirmou Phin.

*Com informações de O Globo

MATERIAS RELACIONADAS