TCE-AM não reconhece lista de vacinados nas redes sociais e faz alerta

"A lista enviada por e-mail, às 19h40 de quinta-feira, pelo município, não foi disponibilizada oficialmente pelo TCE por estar incompleta e sem vários dados solicitados por este Tribunal, para cruzamento", informou TCE-AM
Por Henrique De Mesquita
Publicado em 23/01/21 às 16h56
TCE-AM não reconhece lista de vacinados nas redes sociais e faz alertar
TCE-AM não reconhece lista de vacinados nas redes sociais e faz alertar

Manaus – O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) divulgou nesta manhã de sábado (23) que lista que circula em redes sociais, inclusive destacando nomes, pode ser fake news (falsa). 

Conforme nota oficial, a lista que foi enviada pela Secretaria de Saúde (Semsa), da Prefeitura de Manaus, responsável pela vacinação, só chegou à noite de ontem, e assim mesmo incompleta.

Por causa disso, o presidente do TCE, Mário de Mello, não divulgou a lista na internet, conforme anunciou.

Confira nota na íntegra:

TCE-AM não reconhece lista divulgada
O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) informa à sociedade amazonense que não reconhece a lista que está circulando em grupos de aplicativos de mensagem e redes sociais, desde a tarde desta sexta-feira (22), como sendo a enviada pela Secretaria Municipal de Saude à Corte de Contas dos imunizados na primeira etapa de vacinação contra a Covid-19.

A lista enviada por e-mail, às 19h40 de quinta-feira, pelo município, não foi disponibilizada oficialmente pelo TCE por estar incompleta e sem vários dados solicitados por este Tribunal, para cruzamento.

Vale ressaltar que a suposta lista divulgada em portais de notícias, por ser um arquivo digital, pode ser alterada por conhecedores de tecnologias.

Este Tribunal informa, ainda, que a lista, na íntegra, será amplamente divulgada pela Presidência do TCE-AM assim que for oficialmente recebida da Prefeitura de Manaus e, de forma transparente, será disponibilizada no portal deste Tribunal.

Na oportunidade, este TCE-AM reafirma o compromisso com a sociedade e garante que todas as denúncias de irregularidades em relação à vacinação serão apuradas e, caso constatadas, os responsáveis serão penalizados com o rigor legal. 

Com informações da Assessoria
Foto: Divulgação

Leia também: David Almeida destaca criação de Comissão de Ética para evitar ‘fura-fila’, além de vacinômetro

Superlotação nos ônibus pode diminuir nos próximos dias em meio a decretos e apelos; rodoviários apoiam 100% da frota

TCE-AM não reconhece lista de vacinados nas redes sociais e faz alertar

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap