sexta-feira, 19 de agosto de 2022

Thiago Gagliasso é condenado a pagar R$ 10 mil por espalhar fake news

Ele fez uma falsa associação de Adriana Santana ao tráfico de drogas
Foto: Reprodução/Instagram

Brasil – O pré-candidato a Deputado Estadual e ator Thiago Gagliasso foi condenado pela Justiça do Rio de Janeiro a pagar R$ 10 mil em indenização por danos morais para Adriana Santana de Araújo Rodrigues, mãe de Marlon Santana de Araújo, um dos jovens assassinados na Chacina do Jacarezinho em maio de 2021.

Ele fez uma falsa associação de Adriana Santana ao tráfico de drogas. Thiago compartilhou a imagem de uma mulher segurando um fuzil e afirmava que ela era a mãe de Marlon Santana De Araújo. Nesse momento do compartilhamento, a informação já tinha sido desmentida pela polícia.

Segundo a condenação, homologada na terça-feira (28), Thiago também vai ter que publicar uma retratação “com o mesmo alcance” da publicação anterior em até cinco dias. Ele deve falar sobre a sentença e confirmar que a mulher do vídeo não era Adriana.

“Esse é o ponto mais importante da decisão, porque é pedagógico, mas a multa é muito baixa, é quase um incentivo para continuar mentindo”, afirma o advogado de Adriana, João Tancredo.
Caso não cumpra a determinação, Thiago deverá pagar multa diária de R$ 200. O valor só pode chegar até R$ 2 mil.

Em redes sociais, no domingo (3), o ator ironizou a repercussão da decisão: “Bom dia para quem acordou condenado e sequer foi notificado do processo”. Ele é irmão do também ator Bruno Gagliasso.

Com 28 mortes, a ação no Jacarezinho foi a operação mais letal da história do Rio de Janeiro. Das 13 investigações do Ministério Público, 10 – relacionadas a 24 mortos – foram arquivadas e uma segue em andamento. Apenas duas denúncias foram aceitas.

Com informações do G1

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também