Manaus, 9 de julho de 2020

Tradicional romaria nas águas em homenagem a São Pedro acontece nesta segunda-feira

A romaria vai começar às 16h, com saída do porto da Feira da Panair, bairro Educandos, Zona Sul de Manaus. Todos vão seguir as recomendações de saúde.
Por João Paulo Castro
Publicado em 29/06/20 às 11h10
romaria são pedro manaus

Foto: Divulgação/Arquidiocese de Manaus

Fé, devoção e esperança. A Arquidiocese de Manaus realiza nesta segunda-feira (29) a 71ª edição da tradicional romaria nas águas em homenagem São Pedro, que visa celebrar o guardião das chaves do céu e padroeiro dos pedreiros, pescadores e porteiros.

A saída das embarcações vai acontecer no porto da Feira da Panair, localizada na rua Vista Alegre, bairro Educandos, Zona Sul de Manaus, com previsão de começar às 16h.

O trajeto da procissão fluvial tem como destino a Orla de Manaus, a Ponte Rio Negro, o Porto Chibatão e retorna para o Educandos.

Em 2020 a romaria traz o tema ‘São Pedro e os pescadores’, o arcebispo metropolitano de Manaus, Dom Leonardo Steiner, vai conduzir o momento de junto com o padre Amarildo Luciano, eles irão levar um quadro de São Pedro para ser erguido sobre as águas.

Devido a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), Leonardo informou que o evento deste ano deve contar com um número menor de embarcações e não vai ter uma balsa para levar os fiéis, como é feito tradicionalmente.

Foto: Divulgação

A tradicional missa realizada no fim de tarde não terá presença dos fiéis, porém, o evento será transmitido pelo Facebook da Arquidiocese de Manaus e pela Rádio Rio Mar.

Funcionamento da Igreja Católica

Recentemente a Igreja Católica retornou às suas atividades, de forma gradual, após um período de isolamento social por causa da Covid-19. A Arquidiocese de Manaus seguiu as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) passou a realizar missas on-line, sendo transmitida pelas suas redes sociais.

Dom Leonardo Steiner ressaltou as ações solidárias da Igreja Católica durante o período de pandemia.

“Quero agradecer a solidariedade, algo extraordinário em nossa Arquidiocese. Não temos o número certo de pessoas, mas acreditamos que conseguimos ajudar cerca de 40 mil pessoas. Agradeço de coração. Se nós, como Igreja, conseguimos estar perto dos pobres, foi graças a essa solidariedade”, contou.

O arcebispo auxiliar, Dom José Albuquerque, detalhou que a primeira celebração com o público está previsto para acontecer no primeiro final de semana de julho, com 50% da ocupação, intervalo de cinco horas de uma celebração para outra, uso obrigatório de máscara e álcool em gel.

Por João Paulo Castro

Leia também: Governo do Amazonas entrega mais respiradores aos municípios do interior

romaria são pedro manaus

MATÉRIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap