Traslado do corpo de jovem manauara assassinada em SP será custeado pela Prefeitura

A família da jovem alega não ter condições financeiras para trazê-la para a cidade natal; entenda

Manaus – O corpo de uma das manauaras, assassinadas em São Paulo, será transportado para Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc). A Prefeitura de Manaus arcará com as despesas do translado do corpo de Cláudia Cristina Pinto Menezes, de 25 anos.

A família da jovem alega não ter condições financeiras para trazê-la para a cidade natal. Os familiares tiveram o pedido atendido pela gravidade da situação.

De acordo com a irmã da jovem, a liberação do corpo só ocorreu porque um amigo da família que mora em São Paulo, apresentou uma procuração enviado pelos parentes ao Instituto Médico Legal (IML) de SP.

O serviço realizado pela Semasc, oferece além de uma urna funerária, velório, cortejo e anulação de taxas cartorárias, mas, por ordem do prefeito David Almeida, uma funerária foi contratada para realizar o traslado do corpo da jovem para que pudesse ser realizado o sepultamento junto à família em Manaus.

A manauara deixa um filho de 9 anos e morava em São Paulo há três anos. Qualquer nova informação, atualizaremos.

Leia mais: Manauaras mortas em São Paulo tiveram corpos desenterrados por criminosos

Foto: Reprodução

MATERIAS RELACIONADAS

Copy link
Powered by Social Snap