Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

‘Veio suja’, diz mãe de outra paciente sedada em parto por anestesista preso por estupro

Polícia Civil do Rio de Janeiro espera que mais vítimas compareçam a delegacia
Foto: Reprodução/Internet

São João do Meriti (RJ) – Após o caso em que um médico anestesista foi preso em flagrante por abusar sexualmente de uma paciente que estava sedada durante um parto cesárea, ser noticiado nos veículos de imprensa, uma outra vítima do abusador, compareceu até a Delegacia de Atendimento à Mulher, de São João do Meriti, para denunciar abusos sofridos, também durante um parto cesárea.

Segundo familiares da mulher, uma mulher de 23 anos, ela também foi vítima do abusador no dia 6 de julho, durante um parto cesárea realizado no mesmo hospital em que o anestesista foi preso. A mãe da vítima afirmou que ela saiu totalmente dopada do procedimento, e só teria acordado na noite do dia seguinte, e que estava com o pescoço sujo com uma substancia branca.

“Quando minha filha veio da mesa de cirurgia, ainda desacordada, ela veio suja. Percebi sobre o rosto e sobre o pescoço dela algumas casquinhas secas, brancas. Eu não sabia o que era. Achava que era algum medicamento que tinha entornado”, disse.

Leia também: Vídeo mostra paciente sendo estuprada por anestesista durante parto em hospital

A mãe ainda relata que após o procedimento, que se tratava de um parto cesárea de gêmeos, onde um deles acabou morrendo, o médico ainda voltou a sala de cirurgia, agindo como se nada tivesse acontecido.

Segundo a delegada que acompanha o caso, Barbara Lomba, para apurar se a paciente realmente também foi vítima de estupro, será necessário rever todo o prontuário da paciente, para ver por que houve a sedação e quais procedimentos o abusador adotou durante o abuso, além de verificar qual equipe estava presente.

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

MATERIAS RELACIONADAS