terça-feira, 16 de agosto de 2022

Veja momento que bolsonarista mata petista a tiros durante festa; vídeo

DIVULGAÇÃO

Brasil – Um vídeo que foi divulgado nas redes sociais neste domingo (10), mostra o momento em que o guarda municipal Marcelo Arruda foi morto após levar três tiros disparados pelo bolsonarista Jorge José da Rocha Guaranho, da Polícia Penal Federal (PPH), durante a comemoração de 50 anos de idade na madrugada deste domingo (10) em Foz do Iguaçu (PR).

Jorge, que estava com a esposa e filha, parou o carro do lado de fora da Aresfi, onde acontecia a comemoração, aos gritos de “é Bolsonaro, seus filhos da puta”.

Quando Marcelo Arruda saiu da festa para ver o que acontecia, o assassino apontou o revólver, enquanto a mulher gritava, “para com isso, vamos embora”. Ele deixou o local em seguida, prometendo voltar aos gritos: “Eu vou voltar e matar todos vocês, seus desgraçados”.

Segundo a Revista Forum, após a ameaça, Arruda foi até seu carro e pegou um revólver funcional por precaução.

A festa prosseguiu por mais 20 minutos até que o bolsonarista voltou e invadiu o local de arma em punho, momento que a vítima identificou-se como guarda municipal, mostrando seu distintivo e já com sua arma nas mãos, no entanto foi alevjado duas vezes.

O primeiro tiro foi na perna de Marcelo Arruda, que caiu. Em seguida, o policial penal federal aproximou-se e deu outro tiro nas costas do líder do PT, que conseguiu se virar e disparar cinco tiros no policial.

“com sua reação, ele conseguiu evitar uma chacina, foi um herói”, disse um amigo de Marcelo.

LEIA MAIS:

Receba notícias do Portal Tucumã no seu Telegram e fique bem informado! CLIQUE AQUI: https://t.me/portaltucuma

Tags:
Compartilhar Post:
Veja Também